A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
10.03.2005  00:00
Grupo pressiona Filipa Gonçalves
Filipa Gonçalves está a ser alvo de críticas por parte de um autodenominado Grupo de Transexuais do Serviço de Psicoterapia Comportamental do Hospital Júlio de Matos.
Contudo, José Pacheco, sexólogo no Hospital Júlio de Matos, garantiu ao Correio da Manhã não “haver nenhum grupo com esse nome no hospital”. E vai mais longe: “Seguimos cerca de 30 transexuais que não fazem parte do hospital mas que são utentes”.
O médico ainda explicou que se reúne “de dois em dois meses” com esses utentes. E conclui: “A sermos um grupo, seremos um grupo terapêutico e não reivindicativo”.
No entanto e, ainda segundo o alegado Grupo de Transexuais do Serviço de Psicoterapia Comportamental do Hospital Júlio de Matos, Filipa Gonçalves só quer “obter tacho no ‘Quintal dos Ranhosos’” e acusa-a de ser um “labirinto de enganos”, nomeadamente no que respeita à operação feita na Suíça. O ‘Grupo’ garante que Filipa a fez no Hospital de Santa Maria com um reputado médico da área.
A manequim da DXL confidenciou ao CM “não ter nunca feito referência ao facto” de se ter submetido a uma operação de mudança de sexo naquele hospital “pois a cirurgia não correu nada bem”.
De facto, e de acordo com palavras de Filipa, “fui super bem tratada, tive uma equipa maravilhosa a acompanhar-me mas, infelizmente, o resultado foi negativo e deixou-me com graves problemas físicos”.
Por essa razão, Filipa Gonçalves, apoiada pela família, decidiu concluir a mudança de sexo e “fazer a reconstrução na Suíça, país onde tecnicamente esse tipo de cirurgias está mais desenvolvido”.
Na altura, a modelo omitiu o facto de ter feito uma primeira cirurgia em Portugal para “proteger a integridade e o bom-nome da equipa médica que sempre me tratou bem”.
Sobre o facto de estar a ser criticada por outros transexuais, a modelo entristecida diz não compreender esta atitude e refere que a sua maneira de estar na vida é totalmente oposta.
“Quando vejo outras transexuais a terem sucesso na vida fico muito contente e nunca denegri a imagem de nenhuma”, realçou.
Filipa Gonçalves reafirma que foi seguida por um psiquiatra desde os três anos de idade contrariando as críticas do “grupo”. E prova-o: “Posso dar nomes de vários médicos consultados desde tenra idade”.
Sobre o facto de Filipa estar sempre a falar do seu passado, a modelo afirma que “nunca teve nada a esconder” e decidiu revelar a sua história particular “para poder, dessa maneira, ajudar quem estiver a passar por um processo idêntico”.
A mãe de Filipa, Iria Nené, revelou ao CM que esteve sempre contra o facto de a filha contar publicamente a história, “não por a rejeitar, porque a amo muito”, mas sim, “porque a partir dessa altura a vida da família iria complicar-se devido à visibilidade e às coisas feias que certas pessoas são capazes de dizer para prejudicar os outros”.
Entretanto, Filipa Gonçalves vai estar hoje na televisão. A jovem modelo é uma das convidadas do programa da manhã da TVI, ‘Você na TV’, para conversar com Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira.
'NOTÍCIAS DA QUINTA' POR DEFINIR
A TVI já definiu o espaço que o ‘rurality show’ vai ocupar na sua grelha. Tal como no ano passado, os telespectadores poderão seguir a ‘Quinta das Celebridades’ todos os dias.
As nomeações serão às quartas-feiras, as galas aos domingos e, às segundas, Júlia Pinheiro entrevista o concorrente expulso na véspera. Durante a semana, excepção para a quarta, Júlia irá manter o programa diário após o ‘Jornal Nacional’. Neste particular podem existir algumas surpresas, mantendo-se para já a ‘estrela’ do ano anterior, o burro ‘Pavarotti’.
Quanto aos apresentadores do programa ‘Notícias da Quinta’, ainda falta determinar quem serão os jornalistas que terão essa missão. José Carlos Araújo e José Manuel Santos voltam a ser os principais candidatos, enquanto a terceira ‘vaga’, ocupada no ano passado por Vanessa Oliveira, mantém-se por definir.
Enviar o artigo: Grupo pressiona Filipa Gonçalves
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Tv Media