Foto Manuel de Almeida/Lusa
Na apresentação de resultados da Impresa, o grupo revelou que o mercado publicitário português perdeu 213 milhões de euros nos últimos cinco anos
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
15.03.2012  01:00
Dona da SIC com prejuízo de 35 M €
A Impresa fechou 2011 com um prejuízo de 35,1 milhões de euros. Um resultado fortemente afectado pelos 33,3 milhões que a dona da SIC registou de imparidades. Além disso, o grupo registou custos extras com o processo de reestruturação de 2,7 milhões e teve uma menos-va-lia de 1,15 milhões com a venda do portal AEIOU. Sem estes factores, o resultado do ano seria positivo em 1,3 milhões.

Na apresentação de resultados, Francisco Pinto Balsemão, presidente da Impresa, recordou o ano de 2011 marcado pela crise e fez questão de destacar como uma "notícia importante" a descida da dívida do grupo, que se situava, em Dezembro, nos 213 milhões. Balsemão salientou ainda o aumento do investimento, que atingiu os 8,3 milhões de euros. Destaque para a compra de um avião ligeiro, "usado", como disse Balsemão, que permite fazer fotografia aérea para a InfoPortugal, uma das empresas do grupo.

No total, a Impresa obteve receitas de 249,8 milhões de euros, uma quebra de 21,4 milhões. Já os custos caíram 10,1 milhões para os 227,5 milhões. Balsemão destacou ainda a adesão voluntária dos funcionários com salários superiores a cinco mil euros que aceitaram uma redução de 10% do vencimento até ao final de 2012. Questionado se este ano haverá novo pla-no de redução de efectivos, Balsemão apenas disse que, "neste momento, não está previsto".

De referir ainda que no ano passado, as receitas de publicidade do grupo diminuíram 16,9 milhões, para os 133,6 milhões.

Para 2012, o objectivo da dona da SIC é manter a contenção de custos e reduzir o passivo. 

Enviar o artigo: Dona da SIC com prejuízo de 35 M €
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Exclusivos