Higienistas morais

Sizzla Kalonji não deve vir a Portugal. Não por falta de interessados em ouvir o músico de reggae jamaicano, mas porque organizações de homossexuais ameaçaram os organizadores, dizendo-lhes que seriam cúmplices de um crime de incitamento ao ódio se o concerto tivesse lugar.

01.03.2012 01:00

Sendo inegável que as canções de Sizzla são hinos à homofobia que chegam a advogar "tiros nos maricas", não é menos legítimo perguntar até onde poderá ir a fúria censória. Chegará para dar conta que, muito antes de Sizzla, outro jamaicano, Bob Marley, cantou em ‘I Shot the Sheriff’ que abateu a tiro o xerife (alegadamente em autodefesa), negando, todavia, ser o autor da morte do adjunto?

Como estes higienistas morais tendem a ser selectivos na hora de limitar a liberdade de expressão, convém esperar sentado por idêntica indignação.

Leonardo Ralha

Jornalista

0
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Enviar o artigo: Higienistas morais
Comentários
enviar
MAIS OPINIÕES DE Opinião