jornal impresso

Edição impressa

20 Abril 2014

Ver capas anteriores

  • Diretor: Octávio Ribeiro
  • Diretores-adjuntos: Armando Esteves Pereira, Eduardo Dâmaso e Carlos Rodrigues

Polícias: Tribunal ordenou recomeço do concurso

Pistolas novas já durante este ano

O Ministério da Administração Interna (MAI) espera entregar, ainda durante este ano, a primeira tranche de dez mil pistolas, calibre 9 milímetros, prevista no programa de reequipamento da PSP e da GNR que, até 2012, dotará as duas forças de segurança de um total de 50 mil novas armas.

Por:Miguel Curado

 

O CM de 24 de Abril noticiou, em primeira mão, que a Walther, uma das fabricantes de armas que apresentou um modelo de pistola a apreciação, interpôs uma providência cautelar na justiça devido ao facto de ter sido afastada do concurso por não cumprir o caderno de encargos.
Já este mês, o Tribunal Administrativo de Lisboa, instância responsável pela apreciação da queixa, deu razão ao MAI que, segundo fonte governamental disse ao nosso jornal, apresentou uma resolução fundamentada alegando o “interesse público para o prosseguimento do concurso”.
A Walther recorreu do documento apresentado pelo Governo, mas o juiz responsável pelo processo deliberou dar razão às pretensões do MAI.
Mal foi notificado da decisão judicial, o Ministério presidido por Rui Pereira deu, de imediato, ordem para que se reiniciasse o concurso.
A mesma fonte ouvida pelo CM adiantou que o programa do concurso não prevê a realização de mais testes ou provas eliminatórias.
Durante o mês de Março, a Glock 19, os modelos P30 e USP Compact da HK, a IWI Jericho RSL, a Sig Sauer Pro 2022, e a Beretta PX4 Storm, foram testadas por especialistas da PSP e da GNR, recrutados entre as valências de patrulha, trânsito e investigação criminal.
A última fase das provas práticas, que levaram em consideração os critérios do preço, desempenho, facilidade de operação e produtividade, foi levada a cabo por elementos da Companhia de Operações Especiais da GNR e do Grupo de Operações Especiais da PSP.
Os resultados obtidos durante a fase de testes foram entregues a um júri, constituído por oficiais da PSP e GNR, e dois elementos nomeados pelo MAI.
Para já, segundo fontes ligadas ao concurso disseram ao nosso jornal, o número de modelos em concurso ainda se mantém o mesmo.
No entanto, o Governo espera, caso não existam mais contratempos jurídicos semelhantes aos causados pela fabricante de armas Walther que, ainda este ano, se possam distribuir já dez mil novas armas na PSP e GNR.
A partir de 2008, e até 2012, o objectivo é entregar outras tantas armas por ano, até perfazer um total de 50 mil pistolas.
Recorde-se que, no presente, há agentes da PSP e militares da GNR a operar armas com 40 anos.
PORMENORES
15 MILHÕES
O Ministério da Administração Interna (MAI), responsável pela aquisição das novas pistolas para a PSP e GNR, vai investir cerca de 15 milhões de euros.
UNIFORMIZAÇÃO
Com o investimento no rearmamento, o MAI pretende que polícias e guardas em início de carreira, fiquem com a mesma pistola até ao fim do tempo de serviço.
LAGOS
São frequentes as queixas de agentes da PSP e GNR sobre o encravamento das armas. Em 2006, o chefe da PSP Sérgio Martins morreu em Lagos, quando a arma de um colega encravou, ao fazer fogo contra um gang de assaltantes.
ARMAS A CONCURSO
GLOCK 19
Os especialistas da PSP e da GNR experimentaram dois modelos da Glock 19. Um com mira de titânio e outro de fósforo, para uso em operações nocturnas.
HK P30
A HK P30 foi outro dos modelos testados. Trata-se de uma pistola semiautomática, calibre 9 mm e pesa 740 gramas.
HK USP COMPACT
Também da HK, os polícias testaram a USP Compact, uma pistola de 9 mm que pesa 720 gramas, mais pequena do que a P30.
IWI JERICHO RSL
De fabrico israelita, concorre a IWI (Israel Weapon Industries) Jericho RSL, uma pistola de calibre 9 mm que pesa 720 gramas.
BERETTA PX4 STORM
A Pietro Beretta PX4 Storm é um dos mais recentes modelos de pistolas semiautomáticas da marca. Pesa cerca de 780 gramas.
SIG-SAUER PRO 2022
A Sig-Sauer Pro 2022 foi adoptada pela polícia francesa, com alterações, em 2003. Pesa 760 gramas e também está em teste.
  • Corrigir
  • Feedback
  • PARTILHAR      
Pub
Comentários a esta notícia
  • Comentário feito por:antonio_portugalziño - mexico
  • 26 Junho 2007

A melhor arma para a Polícia desse Portugal à beira-mar plantado é a FISGA... pois tem a utilidade adicional de permitir a caça de pardais nos intervalos das rondas e é silenciosa. O custo de manutenção é mínimo, e a munição é de borla. Outra arma de uso recomendado para as FS lusas é a bomba... mas de bicicleta. Ai Portugal, Portugal!

  • Comentário feito por:nathan
  • 24 Junho 2007

Pronto. Os cidadaos portugueses ficam a partir de hoje em sossego pq com pistolas novas a bandtagem vai ser dizimada.
So nao se fala em autorizar a policia a usa-las. Ou sera so para decoraçao?

  • Comentário feito por:Lusitano
  • 24 Junho 2007

Penso que seria preferível usar pistolas de plástico!... pelo menos eram mais leves, não tinham manutenção, e ficavam mais baratas!!!

  • Comentário feito por:Ederlindo
  • 24 Junho 2007

Daqui a pouco... anda pra ai tudo aos tiros! Ja pouco falta, qualquer um hoje em dia tem uma "fusca". E o que vao fazer das antiguinhas armas? ... pra Museu, nao!?... hummm Eu chamo a isto gastar dinheiro do contribuinte.

  • Comentário feito por:REVOLTADO DA SILVA
  • 24 Junho 2007

Para que? Para depois processarem as autoridades por as usarem contra os criminosos? Que dinheiro mal gasto.

  • Comentário feito por:carlos jacinto
  • 24 Junho 2007

O quê? 9mm não tem poder de paragem? é um dos calibres mais usados nas diversas forças policiais do mundo! Tem poder de paragem sim! A diferença de 9 mm para .40sw não é significativa... alem do mais esse calibre não tem expressão na europa

  • Comentário feito por:ct
  • 24 Junho 2007

Uma correcção, há armas ao serviço com mais de 60 anos, tal e qual á arma que encravou em Lagos, que era uma Star com 60 anos... Datada de 1946...

  • Comentário feito por:Portuga da Silva
  • 24 Junho 2007

Já não era sem tempo, não acham? Agora só falta mudar a legislação para o seu uso, em face da dificuldade que é do conhecimento de todos, pelo que se lê na média escrita e não só. Não será conveniente deixar tão importante melhoramento pelo meio. Pensem nisso Srs. Legisladores, decerto
que as FS irão ficar GRATAS.

  • Comentário feito por:R. R.
  • 24 Junho 2007

Até 2012? Quando dizem até 2012, querem dizer 2024... E os beneficios que tiraram e que tanto lutaram por eles e que lhes tiraram? Parece que tou a ver o polícia de bengala... E que dizer dos detidos que saem primeiro do que o Polícia do tribunal? Que fustração... E depois é o Policia que não faz nada...

  • Comentário feito por:Emídio Cardoso
  • 24 Junho 2007

Isto é um tema muito delicado, que desde logo não o entendo. As forças de segurança são dotadas de armas mais modernas e sofisticadas: -Para quê... As forças de segurança não podem fazer uso das respectivas armas sobre pena, de lhes serem abertos processos, que por vezes acabam na condenação, do agente da autoridade. Creio que as nossas forças de segurança não necessitam armas mas sim de estarem apoiados pela lei. Quantas vezes os nossos polícias e GNRs jogam a vida e no “dia seguinte “o delinquênte já esta apto para o “trabalho. Creio que o problema não é das pistolas... O nosso país esta a passar por uma crise... como se pode admitir que se gastem” balurdius” em armas de utilidade duvidosa.

Página

  • Comentário feito por:João L.
  • 24 Junho 2007

Isto até dá para rir! Vão equipar as nossas forças de segurança com novas armas... Para quê?! Depois nao as podem usar... E se usarem tem um processo judicial em cima, mais a quantidade enorme de papelada para justificar os tiros dados. Só pelo trabalho de fazer isso, preferia não a usar. APROVEITEM E DEEM TAMBEM PODER ÁS AUTORIDADES PARA AS USAREM, MUDANDO AS RESPECTIVAS LEIS!!

  • Comentário feito por:Afonso
  • 24 Junho 2007

Novas armas? Sim senhor fazem falta, mas para quê se a Polícia não as pode usar? Aproveitem e mudem as leis de forma a que passem a poder usar-las, sim porque as velhas encravam por falta de uso

  • Comentário feito por:Emídio Cardoso
  • 24 Junho 2007

Isto é um tema muito delicado, que desde logo não o entendo. As forças de segurança são dotadas de armas mais modernas e sofisticadas: -Para quê... As forças de segurança não podem fazer uso das respectivas armas sobre pena, de lhes serem abertos processos, que por vezes acabam na condenação, do agente da autoridade. Creio que as nossas forças de segurança não necessitam armas mas sim de estarem apoiados pela lei. Quantas vezes os nossos polícias e GNRs jogam a vida e no “dia seguinte “o delinquênte já esta apto para o “trabalho. Creio que o problema não é das pistolas... O nosso país esta a passar por uma crise... como se pode admitir que se gastem” balurdius” em armas de utilidade duvidosa.

  • Comentário feito por:R. R.
  • 24 Junho 2007

Até 2012? Quando dizem até 2012, querem dizer 2024... E os beneficios que tiraram e que tanto lutaram por eles e que lhes tiraram? Parece que tou a ver o polícia de bengala... E que dizer dos detidos que saem primeiro do que o Polícia do tribunal? Que fustração... E depois é o Policia que não faz nada...

  • Comentário feito por:Portuga da Silva
  • 24 Junho 2007

Já não era sem tempo, não acham? Agora só falta mudar a legislação para o seu uso, em face da dificuldade que é do conhecimento de todos, pelo que se lê na média escrita e não só. Não será conveniente deixar tão importante melhoramento pelo meio. Pensem nisso Srs. Legisladores, decerto
que as FS irão ficar GRATAS.

  • Comentário feito por:ct
  • 24 Junho 2007

Uma correcção, há armas ao serviço com mais de 60 anos, tal e qual á arma que encravou em Lagos, que era uma Star com 60 anos... Datada de 1946...

  • Comentário feito por:carlos jacinto
  • 24 Junho 2007

O quê? 9mm não tem poder de paragem? é um dos calibres mais usados nas diversas forças policiais do mundo! Tem poder de paragem sim! A diferença de 9 mm para .40sw não é significativa... alem do mais esse calibre não tem expressão na europa

  • Comentário feito por:REVOLTADO DA SILVA
  • 24 Junho 2007

Para que? Para depois processarem as autoridades por as usarem contra os criminosos? Que dinheiro mal gasto.

  • Comentário feito por:Ederlindo
  • 24 Junho 2007

Daqui a pouco... anda pra ai tudo aos tiros! Ja pouco falta, qualquer um hoje em dia tem uma "fusca". E o que vao fazer das antiguinhas armas? ... pra Museu, nao!?... hummm Eu chamo a isto gastar dinheiro do contribuinte.

  • Comentário feito por:Lusitano
  • 24 Junho 2007

Penso que seria preferível usar pistolas de plástico!... pelo menos eram mais leves, não tinham manutenção, e ficavam mais baratas!!!

  • Comentário feito por:João L.
  • 24 Junho 2007

Isto até dá para rir! Vão equipar as nossas forças de segurança com novas armas... Para quê?! Depois nao as podem usar... E se usarem tem um processo judicial em cima, mais a quantidade enorme de papelada para justificar os tiros dados. Só pelo trabalho de fazer isso, preferia não a usar. APROVEITEM E DEEM TAMBEM PODER ÁS AUTORIDADES PARA AS USAREM, MUDANDO AS RESPECTIVAS LEIS!!

  • Comentário feito por:Afonso
  • 24 Junho 2007

Novas armas? Sim senhor fazem falta, mas para quê se a Polícia não as pode usar? Aproveitem e mudem as leis de forma a que passem a poder usar-las, sim porque as velhas encravam por falta de uso

  • Comentário feito por:Emídio Cardoso
  • 24 Junho 2007

Isto é um tema muito delicado, que desde logo não o entendo. As forças de segurança são dotadas de armas mais modernas e sofisticadas: -Para quê... As forças de segurança não podem fazer uso das respectivas armas sobre pena, de lhes serem abertos processos, que por vezes acabam na condenação, do agente da autoridade. Creio que as nossas forças de segurança não necessitam armas mas sim de estarem apoiados pela lei. Quantas vezes os nossos polícias e GNRs jogam a vida e no “dia seguinte “o delinquênte já esta apto para o “trabalho. Creio que o problema não é das pistolas... O nosso país esta a passar por uma crise... como se pode admitir que se gastem” balurdius” em armas de utilidade duvidosa.

  • Comentário feito por:R. R.
  • 24 Junho 2007

Até 2012? Quando dizem até 2012, querem dizer 2024... E os beneficios que tiraram e que tanto lutaram por eles e que lhes tiraram? Parece que tou a ver o polícia de bengala... E que dizer dos detidos que saem primeiro do que o Polícia do tribunal? Que fustração... E depois é o Policia que não faz nada...

  • Comentário feito por:Portuga da Silva
  • 24 Junho 2007

Já não era sem tempo, não acham? Agora só falta mudar a legislação para o seu uso, em face da dificuldade que é do conhecimento de todos, pelo que se lê na média escrita e não só. Não será conveniente deixar tão importante melhoramento pelo meio. Pensem nisso Srs. Legisladores, decerto
que as FS irão ficar GRATAS.

  • Comentário feito por:ct
  • 24 Junho 2007

Uma correcção, há armas ao serviço com mais de 60 anos, tal e qual á arma que encravou em Lagos, que era uma Star com 60 anos... Datada de 1946...

  • Comentário feito por:carlos jacinto
  • 24 Junho 2007

O quê? 9mm não tem poder de paragem? é um dos calibres mais usados nas diversas forças policiais do mundo! Tem poder de paragem sim! A diferença de 9 mm para .40sw não é significativa... alem do mais esse calibre não tem expressão na europa

  • Comentário feito por:REVOLTADO DA SILVA
  • 24 Junho 2007

Para que? Para depois processarem as autoridades por as usarem contra os criminosos? Que dinheiro mal gasto.

  • Comentário feito por:Ederlindo
  • 24 Junho 2007

Daqui a pouco... anda pra ai tudo aos tiros! Ja pouco falta, qualquer um hoje em dia tem uma "fusca". E o que vao fazer das antiguinhas armas? ... pra Museu, nao!?... hummm Eu chamo a isto gastar dinheiro do contribuinte.

  • Comentário feito por:Lusitano
  • 24 Junho 2007

Penso que seria preferível usar pistolas de plástico!... pelo menos eram mais leves, não tinham manutenção, e ficavam mais baratas!!!

  • Comentário feito por:João L.
  • 24 Junho 2007

Isto até dá para rir! Vão equipar as nossas forças de segurança com novas armas... Para quê?! Depois nao as podem usar... E se usarem tem um processo judicial em cima, mais a quantidade enorme de papelada para justificar os tiros dados. Só pelo trabalho de fazer isso, preferia não a usar. APROVEITEM E DEEM TAMBEM PODER ÁS AUTORIDADES PARA AS USAREM, MUDANDO AS RESPECTIVAS LEIS!!

  • Comentário feito por:Afonso
  • 24 Junho 2007

Novas armas? Sim senhor fazem falta, mas para quê se a Polícia não as pode usar? Aproveitem e mudem as leis de forma a que passem a poder usar-las, sim porque as velhas encravam por falta de uso

  • Comentário feito por:Emídio Cardoso
  • 24 Junho 2007

Isto é um tema muito delicado, que desde logo não o entendo. As forças de segurança são dotadas de armas mais modernas e sofisticadas: -Para quê... As forças de segurança não podem fazer uso das respectivas armas sobre pena, de lhes serem abertos processos, que por vezes acabam na condenação, do agente da autoridade. Creio que as nossas forças de segurança não necessitam armas mas sim de estarem apoiados pela lei. Quantas vezes os nossos polícias e GNRs jogam a vida e no “dia seguinte “o delinquênte já esta apto para o “trabalho. Creio que o problema não é das pistolas... O nosso país esta a passar por uma crise... como se pode admitir que se gastem” balurdius” em armas de utilidade duvidosa.

  • Comentário feito por:R. R.
  • 24 Junho 2007

Até 2012? Quando dizem até 2012, querem dizer 2024... E os beneficios que tiraram e que tanto lutaram por eles e que lhes tiraram? Parece que tou a ver o polícia de bengala... E que dizer dos detidos que saem primeiro do que o Polícia do tribunal? Que fustração... E depois é o Policia que não faz nada...

  • Comentário feito por:Portuga da Silva
  • 24 Junho 2007

Já não era sem tempo, não acham? Agora só falta mudar a legislação para o seu uso, em face da dificuldade que é do conhecimento de todos, pelo que se lê na média escrita e não só. Não será conveniente deixar tão importante melhoramento pelo meio. Pensem nisso Srs. Legisladores, decerto
que as FS irão ficar GRATAS.

  • Comentário feito por:ct
  • 24 Junho 2007

Uma correcção, há armas ao serviço com mais de 60 anos, tal e qual á arma que encravou em Lagos, que era uma Star com 60 anos... Datada de 1946...

  • Comentário feito por:carlos jacinto
  • 24 Junho 2007

O quê? 9mm não tem poder de paragem? é um dos calibres mais usados nas diversas forças policiais do mundo! Tem poder de paragem sim! A diferença de 9 mm para .40sw não é significativa... alem do mais esse calibre não tem expressão na europa

  • Comentário feito por:REVOLTADO DA SILVA
  • 24 Junho 2007

Para que? Para depois processarem as autoridades por as usarem contra os criminosos? Que dinheiro mal gasto.

  • Comentário feito por:Ederlindo
  • 24 Junho 2007

Daqui a pouco... anda pra ai tudo aos tiros! Ja pouco falta, qualquer um hoje em dia tem uma "fusca". E o que vao fazer das antiguinhas armas? ... pra Museu, nao!?... hummm Eu chamo a isto gastar dinheiro do contribuinte.

  • Comentário feito por:Lusitano
  • 24 Junho 2007

Penso que seria preferível usar pistolas de plástico!... pelo menos eram mais leves, não tinham manutenção, e ficavam mais baratas!!!

COMENTAR
Título
Texto

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

LOGIN
Utilizador
Password

Esqueceu-se da palavra-chave?

Registe-se


Registe-se no site do CM para deixar de preencher os seus dados pessoais quando comenta as noticias.

COMENTAR
Título
Texto
Nome
Email
Localidade
Anónimo

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

Pub
Pub


SONDAGEM

TAXA NA SAÚDE: Tema revela que o Governo não se entende?

Votar »« Ver resultados


<>
VEJA AQUI MAPA ACTUALIZADO
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte,
sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A. ,
uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.
Consulte as condições legais de utilização.