SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Foto direitos reservados
Investigadores da Universidade Médica de Berlim acreditam que Timothy Ray Brown (na foto) é o primeiro caso de cura de sida no Mundo
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
17.12.2010  00:30
Nova esperança na cura da sida
Timothy Ray Brown é um norte-americano de 42 anos, residente em Berlim (Alemanha). Os médicos alemães acreditam que este homem é o primeiro caso de cura de sida em todo o Mundo, após ter sido submetido a um transplante de medula óssea para tratar uma leucemia, de que também sofria. Especialistas portugueses ouvidos pelo CM estão cépticos e consideram ser necessárias provas científicas e novas investigações.
  • Partilhe

O investigador Thomas Sch-neider e os colegas da Universi-dade Médica Universitária de Berlim publicaram o anúncio do que consideram ser o primeiro caso de cura de sida na revista ‘Blood Journal’.

O caso remonta a 2007, quando Timothy Ray Brown, infectado com o VIH, desenvolveu uma leucemia mielóide aguda, tipo de cancro que afecta o sistema imunitário. Os tratamentos de quimioterapia que fez não surtiram efeito e o doente teve de se submeter a um transplante de medula óssea, que incluiu células estaminais de um doador portador de um gene hereditário pouco comum, associado à redução do risco de contrair o VIH.

Antes do transplante, Brown recebeu altas doses de quimioterapia e radioterapia e deixou de tomar os medicamentos anti-retrovirais contra o VIH .



Siga o CM no Facebook.

Enviar o artigo: Nova esperança na cura da sida
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Sociedade
Receba diariamente as principais notícias ok
voltar ao topo