A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
24.01.2007  00:00
Santa Casa sem vagas para novos mediadores
O Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa suspendeu o processo de selecção de mediadores de apostas para o ano de 2007. Tudo porque o número de interessados em registar os boletins de apostas em 2006 esgotaram todas as vagas disponíveis para este ano.
O processo de escolha dos mediadores para 2007 ia começar no dia 1 de Fevereiro, mas as candidaturas do ano anterior “excederam largamente as expectativas da direcção”.
Durante o período de candidaturas relativas a 2006, que decorreu excepcionalmente entre 1 de Setembro e 31 de Outubro daquele ano, concorreram 3378 agentes, provenientes de todas as zonas do País. Os números foram de tal forma invulgares que nos últimos dois dias de candidatura, afirma a Santa Casa, deram entrada no Departamento de Jogos cerca de 1300 processos.
“As candidaturas recebidas no ano anterior permitem seleccionar um número de mediadores que satisfaçam integralmente as actuais necessidades de composição e reforço da área comercial, assegurando uma adequada localização e cobertura geográfica dos jogos Santa Casa em todo o território nacional, tornando desnecessária a abertura de nova fase de candidaturas para 2007”, admitiu em comunicado Daniel Galvão Martins, presidente do Departamento de Jogos.
A zona Norte do País foi aquela onde mais se fez sentir o elevado volume de candidatos.
Não existe uma explicação concreta para um tão elevado número de interessados no registo de apostas, mas o grande acréscimo de candidatos a mediadores poderá estar relacionado com o elevado número de apostadores que se rendeu à febre do Euromilhões.
Os agentes que fazem o registo dos boletins recebem uma percentagem sobre o valor das apostas pagas pelos apostadores. A percentagem é definida de acordo com uma tabele pré-estabelecida pela Santa Casa. Além disso, os mediadores da Lotaria Instantânea recebem 2% sobre os montantes de prémios que tenham obrigatoriamente pago. Até à hora de fecho da edição a direcção dos Jogos Santa Casa não esteve disponível para prestar esclarecimentos.
APONTAMENTOS
COMO SER MEDIADOR?
Os interessados devem apresentar-se aos concursos anualmente abertos. Têm de ter estabelecimento aberto ao público, comprovar a idoneidade moral e comercial, não ter dívidas à Administração Fiscal nem à Segurança Social, não ter cadastro. Além disso, devem ter contas bancárias expressamente abertas para débitos e créditos da Santa Casa, ter seguros de responsabilidade civil, contratar pessoal apto a trabalhar com as máquinas e instalação telefónica autónoma.
BRAGA MILIONÁRIA
Braga é a campeã dos euromilionários. Houve quatro totalistas no distrito a arrecadar 84,3 milhões de euros em primeiros prémios. A região foi também pioneira na conquista do primeiro prémio europeu do jogo.
Enviar o artigo: Santa Casa sem vagas para novos mediadores
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Portugal