Foto Ricardo Almeida
Após ter-se despistado no Jaguar S. Type, o advogado João Nabais foi atropelado quando se preparava para sinalizar a viatura com o triângulo. Na altura chovia muito e caía granizo
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
23.11.2011  01:00
João Nabais atropelado na A1
O advogado João Nabais despistou-se na A1, próximo de Coimbra, e foi atropelado ao sair do carro para colocar o triângulo de sinalização. Assistido nos Hospitais da Universidade de Coimbra, foi transferido ontem, pelas 11h30, para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde está internado com um traumatismo cranio-encefálico, fracturas na bacia, no perónio e em duas costelas.

O acidente ocorreu às 23h30 de anteontem, ao quilómetro 200, entre os nós da Mealhada e Coimbra-Norte, no sentido Norte/Sul, numa altura em que chovia com intensidade e caía granizo. Além das viaturas envolvidas no atropelamento, despistaram-se outras duas.

O Jaguar S Type do advogado, de 57 anos, foi a segunda viatura a despistar-se, chocando com o separador do lado direito. Ao sair do carro, para colocar o triângulo de sinalização, foi atropelado por um Audi A4, que também entrou em despiste.

João Nabais esteve sempre "consciente e colaborante", disse ao CM António Lousada, comandante dos Bombeiros Voluntários da Mealhada, que o assistiram e transportaram ao hospital. Apesar dos ferimentos, também descreveu o acidente aos militares do destacamento de Trânsito da GNR, que tomaram conta da ocorrência.

Segundo o CM apurou, o advogado ficará internado pelo menos três semanas, seguindo-se um período de imobilização de um a três meses. Durante o dia de ontem recebeu a visita dos filhos e da ex--mulher, Paula Nabais. "É um momento difícil para todos nós. Não escondo a minha preocupação", referiu a empresária.

João Nabais esteve sempre consciente durante a visita da família, e chegou a ligar para a secretária, no sentido de resolver assuntos relacionados com os julgamentos pendentes.

COLISÕES MATAM CONDUTORES NA VIAGEM PARA O TRABALHO

Dois condutores, um homem e uma mulher, morreram ontem em acidentes de viação, quando viajavam para os seus postos de trabalho. O primeiro ocorreu pela 01h40, na estrada que liga S. Mamede e Alqueidão da Serra, Batalha. Vitimou José Pedro do Rosário, 55 anos e padeiro de profissão, e feriu a condutora do outro veículo. Pelas 08h40, no IP2, Monforte, um choque entre dois carros causou a morte a Maria Leitão, 48 anos e residente em Veiros, Estremoz. O sinistro provocou ainda ferimentos graves a um homem e três mulheres, todos ocupantes da outra viatura. A vítima mortal seguia para o trabalho em Monforte quando o carro se despistou e foi embater no veículo conduzido pelo subdelegado regional do IEFP do Alentejo, Carlos Vintém. A chuva esteve na origem dos dois acidentes.

Enviar o artigo: João Nabais atropelado na A1
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Portugal