Foto Agência Lusa
Operacionais da GNR podem vir a deixar de usar gravata e botas de cano alto
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
15.01.2012  10:31
GNR prestes a dizer adeus à gravata e botas de cano alto
Os operacionais da GNR podem vir a deixar de usar gravata e botas de cano alto, que só serão utilizadas pelos militares dos destacamentos de trânsito e da cavalaria, revelou este domingo à agência Lusa o presidente da ASPIG.

Estas são algumas das alterações que constam do projecto de novo regulamento de uniformes da GNR e que está no gabinete do comandante geral da Guarda Nacional Republicana, adiantou José Alho, presidente da Associação Sócio Profissional Independente da Guarda (ASPIG).  

José Alho afirmou que os operacionais vão substituir a gravata por um pólo, enquanto as botas de cano alto só serão utilizadas pelos militares do trânsito e da cavalaria.  

Segundo José Alho, o fardamento actual não é adequado às condições de trabalho dos operacionais, sobretudo para os patrulheiros.  

Desde o anterior Governo que existe um projecto de alterações ao fardamento da GNR, tendo mesmo chegado a existir uma passagem de modelos, mas por falta de verbas ainda não foi aprovado, disse o presidente da ASPIG, acrescentando, que eram necessários cerca de 20 milhões de euros.  

Nesse sentido, o comando geral da Guarda Nacional Republicana está a proceder a algumas alterações não implementando na totalidade as novas regras de fardamento, fazendo as mudanças de forma faseada. José Alho sublinhou que a prioridade será dada aos operacionais.

Enviar o artigo: GNR prestes a dizer adeus à gravata e botas de cano alto
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Portugal