Diana dos Santos continua internada
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
13.04.2011  00:30
Família de baleada pelo pai espera “milagre”
Os familiares de Diana Sofia dos Santos, que está tetraplégica depois de ter sido baleada três vezes pelo próprio pai, sábado à tarde, em Almada, vão perdendo as esperanças de que a jovem médica, de 26 anos, recupere alguns movimentos. De acordo com uma fonte clínica do Hospital Garcia de Orta, "uma das balas destruiu a estrutura óssea e atingiu a medula da vítima, provocando sequelas que podem ser irreversíveis".

Um amigo da família disse ao CM que, à mãe e à irmã de Diana, resta-lhes agora esperar por um "milagre". "Os médicos já falaram numa operação para tirar a bala mas não garantem nada", lamentou. Fonte hospitalar garantiu apenas que "durante esta semana vão ser realizados mais exames".

Miguel Barreto, o namorado de Diana, está desolado. "Ela não merece o que lhe está a acontecer", referiu. Tal como a família da jovem, Miguel mantém a esperança. "Ficava muito feliz se ela recuperasse. Acredito que depois de 26 anos a sofrer com as atitudes do pai e de ter sobrevivido a três balas algo de muito bom pode ainda acontecer", disse ao CM, emocionado.

Em sofrimento por estar longe da namorada - vive e trabalha em Évora - Miguel aguarda pela chegada do fim-de--semana para poder visitá-la no hospital. "Quero ajudar e acompanhar o estado de saúde", disse o namorado, de 33 anos.

Questionado pelo CM Pratas Vidal, especialista em Neurocirurgia, explicou que "apesar de não conhecer o caso em concreto, quando a medula é atingida, há menos probabilidade de reparar os estragos. Não é uma operação que vai fazer com que a pessoa fique tetraplégica. A reparação da coluna é sempre possível quando apenas atinge a parte dos ossos. A partir de agora todo o trabalho tem de ser bem avaliado".

Recorde-se que Diana Santos foi baleada pelo pai, António Marques, ex-fuzileiro, só porque namorava com um empregado de uma empresa de automóveis. Após discussão, o homem de 60 anos deu três tiros na própria filha.

Enviar o artigo: Família de baleada pelo pai espera “milagre”
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Exclusivos