A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
29.04.2013  01:00
Caça à multa no GIPS de Viseu
Alguns militares do GIPS da GNR de Viseu estão indignados e revoltados com a conduta do comandante, acusando-o de os pressionar a passar multas, beneficiando os que apresentam um maior número de autos passados.

A Associação dos Profissionais da Guarda (APG) diz conhecer a situação e considera "lamentável" o que apelida de "caça à multa". Segundo o presidente César Nogueira, "o comandante não é sociável e esta desmesurada caça à multa não é a melhor forma de estar no comando".

"Quem apresenta mais autos de contraordenação ao código da estrada é favorecido nas trocas de serviços e trimestralmente tem mais um dia de folga. Para o comandante, capitão Lopes, só valem os militares que passam multas", disse ao CM fonte dos GIPS. O comandante do GIPS da GNR de Viseu não comentou a situação. "O capitão é exigente e militarista mas não acredito que pressione a passar multas. Só quer que todos cumpram o seu dever", explicou o tenente coronel Albino Tavares, comandante do GIPS da GNR. A pressão começou no início do ano. "O capitão não gostou que outro comandante recebesse um louvor por apresentar um registo com muitas multas e quis imitá-lo", concluiu a mesma fonte.

Enviar o artigo: Caça à multa no GIPS de Viseu
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Portugal