SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Foto Sérgio Lemos
Cem tatuadores não tiveram mãos a medir para responder aos pedidos. Mais de três mil visitantes em apenas dois dias.
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Mais sobre
09.10.2011  01:00
Aumenta procura de piercing nos genitais
Há mais mulheres a fazerem piercings nos órgãos genitais do que homens", garante Joaquim Pedro, um dos criadores da revista ‘Anuário Tattoo & Piercing’, presente no Tattoo & Rock Fest 2011, que hoje termina no Pavilhão Atlântico, em Lisboa.

  • Partilhe

O prazer sexual e a estética são, por norma, as motivações das mulheres que procuram esta tendência. Tatuagens na genitália, porém, já não atrai tanto público. "Não é um pedido muito comum. Há alguns estúdios em Portugal que as fazem, mas não é algo que tenha muita adesão", acrescentou Joaquim Pedro.

Carlos Amorim, um dos mais de 100 tatuadores presentes no festival, fala no desconforto entre cliente e tatuador. "Fazer uma tatuagem nos órgãos genitais é constrangedor para o cliente e para o tatuador", referiu.Por ser embaraçoso há estúdios que recusam fazê-las. "Não há muitas pessoas com esse pedido. Há estúdios que nem aceitam. Quem o faz são os próprios tatuadores ou os tatuados hardcore, que têm muitas tatuagens", disse ao CM Cian Wright, da Swallows +Daggers.

ELEIÇÃO DA MISS PIN UP 2011

A eleição da Miss Pin Up foi um dos momentos que mais atenção despertou nos visitantes do Tattoo & Rock Fest. Dez raparigas, que recriaram a estética notabilizada nos anos 40, desfilaram no palco, mas só hoje se saberá quem é a vencedora.

09.10.2011 10:43
Piercings nos genitais são moda
Cem profissionais fizeram tatuagens durante o festival Tatoo & Rock 2011, que ocupou o Pavilhão Atlântico de Lisboa. Moda dos piercings nos genitais é mais frequente nas mulheres do que nos homens (fotos: Sérgio Lemos).


Siga o CM no Facebook.

MAIS SOBRE
Enviar o artigo: Aumenta procura de piercing nos genitais
Comentários
enviar
Receba diariamente as principais notícias ok
voltar ao topo