Foto istockphoto
Menina foi abusada pelo padrasto, durante dois anos, dentro de casa
22.08.2013  01:00
Abusada 2 anos pelo padrasto
Menina, com nove anos, foi alvo de atos sexuais de relevo pelo companheiro da mãe dentro de casa. Abusos foram descobertos por um familiar da vítima

Os abusos sexuais à menina, agora com nove anos, já duravam há dois anos, mas só foram agora descobertos por um familiar da vítima. O padrasto da menor, que vivia na mesma casa, foi anteontem detido pela Polícia Judiciária do Porto. Presente ontem a tribunal, o homem, de 42 anos, ficou proibido de contactar a vítima, foi obrigado a mudar de casa e vai ter de se apresentar regularmente às autoridades.

O caso ocorreu em Espinho, onde morava a criança, o agressor e a companheira deste, que é a mãe da menina.

Um familiar da menor é que surpreendeu o abusador e a vítima. Entrou no quarto da residência de ambos e encontrou o homem sem camisa e com as calças desapertadas. Ao ver aquilo, ficou desconfiado e contou à mãe da criança.

Esta, que nunca se tinha apercebido de nada, perguntou à filha. A menina contou à mãe, aos poucos, os abusos a que tinha sido sujeita.

A criança terá começado a ser abusada desde que começou a nova relação da mãe e o padrasto foi viver para aquela casa, há dois anos. A menor tinha, na altura, sete anos e foi abusada sempre na residência.

Apesar de não haver penetração, foi vítima de diversos atos sexuais de relevo. O seu depoimento foi considerado credível pelos médicos.

O homem, serralheiro e sem antecedentes criminais, foi detido pela PJ e foi ontem ao juiz de turno do Tribunal de Espinho para aplicação de medidas de coação. Saiu em liberdade, mas não pode estar com a menor. 

Barack Obama aterrou na Estónia na véspera da cimeira da NATO05:20

Ban Ki-Moon "indignado" pela execução de um segundo jornalista norte-americano04:03

Avião australiano entregou material militar às forças curdas no norte do Iraque03:43

Fogo em fábrica de material escolar em Ermesinde dado como dominado03:15

Amnistia Internacional acusa autoridades do Sudão de matar e torturar manifestantes03:12

EUA enviam mais 350 militares para o Iraque - Casa Branca02:53

Incêndio lavra em fábrica de materiais escolares em Ermesinde01:44

Bolsa de Tóquio abriu sessão em alta de 0,79%01:21

Incêndio em fábrica desativada01:02

Não há duas sem três...00:30

Radar00:30

Corte urgente00:30

Ação cível tenta anular divisão do BES00:30

Blog00:30

Tony paga aulas a David00:30

98 pedófilos apanhados em sete meses00:30

Aumento de capital com verba do Montepio00:30

Famílias exigem mensagens do dux00:30

Almoços grátis00:30

Morre esmagado por tampa de ferro00:14

Ucrânia: Rússia promete reagir à ameaça do aumento da presença NATO nas suas fronteiras23:53

Lista de pedófilos condenados é eficaz na prevenção?23:31

Morgan Stanley reduz posição na Portugal Telecom para 1,96%23:26

Hollande manifesta horror por decapitação de jornalista23:09

Venezuelanos criam versão chavista do Pai Nosso católico 23:02

Venezuela acusa canal TNT de atacar o presidente 22:30

John Kerry reúne-se com negociadores palestinianos21:51

Trabalhadores da Lusa entregam queixa contra o Governo21:27

Mickey e Spongebob espancam condutor21:24

EUA "desolados" com decapitação de jornalista por islamitas21:13

Apple não encontra falha de segurança21:02

ONU alerta que ébola pode chegar a mais países21:00

Volta a França de 2014 sem casos de doping20:43

Saiba os números do Euromilhões20:38

Juiz espanhol liberta pais que levaram filho de hospital20:38

Obras da 31.ª Bienal de São Paulo no Museu de Serralves20:35

CGTP manifesta-se em frente à AR dia 11 de setembro20:14

CIES estima em 16 por cento a inflação no mercado do futebol20:12

Mãe francesa reencontra-se com filha levada por pai islâmico20:12

Mais de 400 operacionais combatem quatro fogos florestais20:04

Enviar o artigo: Abusada 2 anos pelo padrasto
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Portugal