Exclusivos

Perícia concluiu que é "muitíssimo provável" que não tenha sido o cantor a assinar o contrato de compra e venda do BMW, ao volante do qual morreu.