Foto Getty Images
Grande Porto irá extinguir 68 freguesias
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
08.11.2012  16:23
Região Norte vai perder 510 freguesias
A região Norte vai perder cerca de 510 freguesias no âmbito da reforma administrativa, mas pelo menos em cinco concelhos ainda se aguarda a apresentação de uma proposta alternativa por parte das Assembleias Municipais.

Hoje foram conhecidas as propostas concretas de Reorganização Administrativa do Território desenhadas pela Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território (UTRAT).

De acordo com a proposta da UTRAT, na região Norte deverão ser extintas pelo menos 510 freguesias.

Este número deverá aumentar, porque a unidade aguarda ainda pela apresentação de novas propostas para os concelhos de Peso da Régua (distrito de Vila Real), Valença (Viana do Castelo), Mogadouro e Carrazeda de Ansiães (Bragança), Vila Nova de Famalicão (Braga) e Vila Nova de Gaia (Porto).

Actualmente, o Norte está organizado em 2018 freguesias.

O Alto Minho poderá perder 80 das 290 freguesias. Neste território, oito dos 11 concelhos decidiram não apresentar proposta de reorganização, enviando à Assembleia da República apenas moções contestando a fusão e extinção.

Mais abaixo, nos concelhos que integram as NUT III Cávado e Ave, serão extintas pelo menos 139 freguesias.

Braga, a capital de distrito, mostrou-se contra a alteração do mapa das freguesias do concelho, defendendo a manutenção. A proposta da UTRAT vai agora no sentido de reduzir 25 das 62 freguesias.

Na zona do Grande Porto, são extintas 68 freguesias. Neste território, aguarda-se a apresentação de uma nova proposta por parte da Assembleia Municipal de Vila Nova de Gaia, enquanto o concelho do Porto perde oito freguesias.

A proposta da UTRAT para a região do Tâmega prevê extinguir 94 freguesias das actuais 289.

Em Vila Real, o distrito poderá perder 67 freguesias nos 14 concelhos, faltando ainda apurar o Peso da Régua.

O concelho que perde mais freguesias é o de Chaves, passando de 51 para 39 freguesias, enquanto Vila Real, a capital de distrito, perde 10 e fica com 20 freguesias. 

O distrito de Bragança perde um quinto das freguesias existentes, faltando ainda apresentar propostas de dois dos 12 concelhos da região.

A Unidade aceitou todos os pareceres que lhe chegaram das assembleias municipais, com um total de 34, e propõe a redução de mais 28 em municípios onde os órgãos autárquicos não se pronunciaram sobre o novo mapa administrativo.

Enviar o artigo: Região Norte vai perder 510 freguesias
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Exclusivos