SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Foto Bruno Arnold/Epa
Comissário europeu da Concorrência, Joaquín Almunia
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Mais sobre
29.03.2012  01:00
BPN custa 6,6 mil milhões
A factura da nacionalização do BPN pode custar aos contribuintes até 6,6 mil milhões de euros, contas feitas aos diversos apoios que o Estado mobilizou para a instituição que amanhã é oficialmente vendida por 40 milhões de euros ao BIC, mas que vai continuar a receber apoios no valor de 700 milhões de euros nos próximos três anos.
  • Partilhe

Para este valor contribuem os 600 milhões de euros injectados no banco para que este cumprisse os rácios de capital. Em Fevereiro, o Estado dotou ainda o BPN de igual verba para o capitalizar antes da venda. Somam-se os 1,5 mil milhões de euros de garantias que a Caixa Geral de Depósitos subscreveu.

O banco público tem ainda uma exposição de perto de 3,9 mil milhões de euros em activos problemáticos, como hipotecas e crédito malparado. Há ainda que incluir os 1, 8 mil milhões de euros em perdas com activos que o Estado assumiu em 2010.

Com a assinatura do acordo de compra e venda amanhã as obrigações do Estado português não terminam, e a CGD vai manter duas linhas de crédito, no valor de 700 milhões euros, nos próximos três anos, para assegurar, por exemplo, o risco de fuga de depósitos.



Siga o CM no Facebook.

MAIS SOBRE
Enviar o artigo: BPN custa 6,6 mil milhões
Comentários
enviar
Receba diariamente as principais notícias ok
voltar ao topo