SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Foto Fotomontagem CM
Carla Bargão e Bernardo Pedro, pais da jovem esfaqueada
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
31.05.2011  00:30
“Encontrei a minha filha desfigurada”
Bruna Bargão foi submetida a uma operação durante cinco horas. Agressora, de 17 anos, está presa em Tires.
  • Partilhe

"Fui encontrar a minha filha completamente desfigurada no hospital. Foi horrível. Na sexta-feira ela pediu-me autorização para ir a uma festa, mas nunca pensei que terminasse daquela maneira. Além de ser esfaqueada, está toda furada na cabeça e nas costas", contou ontem ao CM Bernardo Pedro, pai de Bruna Bargão, a jovem de 14 anos que foi esfaqueada 17 vezes na sexta-feira em Mem Martins, Sintra, conforme o CM avançou no domingo.

A agressora, de 17 anos, Denise Melo, já está presa em Tires, onde vai aguardar julgamento. Está indiciada por tentativa de homicídio, ofensas à integridade física agravadas e detenção de arma proibida.

Segundo Bruna Bargão, que teve ontem alta do Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, o ataque foi originado pelo "pedido de apenas 10 euros" – que recusou emprestar à agressora. A jovem foi submetida a uma operação que durou cinco horas e teve de ser suturada com cem pontos entre a cara e a cabeça.



Siga o CM no Facebook.

Enviar o artigo: “Encontrei a minha filha desfigurada”
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Exclusivos
Receba diariamente as principais notícias ok
voltar ao topo