jornal impresso

Edição impressa

31 Julho 2014

Ver capas anteriores

Previsões
  • Diretor: Octávio Ribeiro
  • Diretores-adjuntos: Armando Esteves Pereira, Eduardo Dâmaso e Carlos Rodrigues

TIROTEIO EM SETÚBAL

O Bairro da Bela Vista transformou-se hoje num autêntico campo de batalha, depois de um agente da PSP ter tentado parar uma rixa entre dois moradores. O incidente terá provocado um morto e dois feridos.

 

O Correio da Manhã apurou que os Sapadores de Setúbal transportaram um cadáver, da Bela Vista para a morge municipal do cemitério da cidade. Fontes hospitalares confirmaram também a admissão de dois feridos; um polícia com contusões na cabeça e um civil com lesões provocadas por arma de fogo.

O desacato começou cerca das 19h00 e foi controlado em menos de duas horas. Residentes apedrejaram a esquadra do Bairro da Bela Vista, quebrando vidros e provocando danos em viaturas policiais.
  • Corrigir
  • Feedback
  • PARTILHAR      
Pub
Comentários a esta notícia
  • Comentário feito por:Mário Alberto Coelho
  • 21 Junho 2002

Mais uma vez a PSP cometeu um assassínio, disparando balas de uma shot-gun contra um jovem indefeso. O assassínio foi claro já que se tratava de uma desordem normal. Penso que o agente da PSP autor do crime deveria ser detido e presente a Tribunal. A PSP veio agitar a Bela Vista quando a sua missão é criar condições para uma integração das pessoas. Duvido que a partir de agora haja condições para a Esquadra continuar na Bela Vista.

  • Comentário feito por:Mário Alberto Coelho
  • 21 Junho 2002

Mais uma vez a PSP cometeu um assassínio, disparando balas de uma shot-gun contra um jovem indefeso. O assassínio foi claro já que se tratava de uma desordem normal. Penso que o agente da PSP autor do crime deveria ser detido e presente a Tribunal. A PSP veio agitar a Bela Vista quando a sua missão é criar condições para uma integração das pessoas. Duvido que a partir de agora haja condições para a Esquadra continuar na Bela Vista.

  • Comentário feito por:Mário Alberto Coelho
  • 21 Junho 2002

Mais uma vez a PSP cometeu um assassínio, disparando balas de uma shot-gun contra um jovem indefeso. O assassínio foi claro já que se tratava de uma desordem normal. Penso que o agente da PSP autor do crime deveria ser detido e presente a Tribunal. A PSP veio agitar a Bela Vista quando a sua missão é criar condições para uma integração das pessoas. Duvido que a partir de agora haja condições para a Esquadra continuar na Bela Vista.

  • Comentário feito por:Mário Alberto Coelho
  • 21 Junho 2002

Mais uma vez a PSP cometeu um assassínio, disparando balas de uma shot-gun contra um jovem indefeso. O assassínio foi claro já que se tratava de uma desordem normal. Penso que o agente da PSP autor do crime deveria ser detido e presente a Tribunal. A PSP veio agitar a Bela Vista quando a sua missão é criar condições para uma integração das pessoas. Duvido que a partir de agora haja condições para a Esquadra continuar na Bela Vista.

COMENTAR
Título
Texto

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

Registe-se no site do CM para deixar de preencher os seus dados pessoais quando comenta as noticias.
COMENTAR
Título
Texto
Nome
Email
Localidade
Anónimo

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.


Pub
Pub


SONDAGEM

EUROPA: Portugal ganha com Maria Luís Albuquerque em Bruxelas?

Votar »« Ver resultados


<>
VEJA AQUI MAPA ACTUALIZADO
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte,
sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A. ,
uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.
Consulte as condições legais de utilização.