jornal impresso

Edição impressa

18 Abril 2014

Ver capas anteriores

  • Diretor: Octávio Ribeiro
  • Diretores-adjuntos: Armando Esteves Pereira, Eduardo Dâmaso e Carlos Rodrigues
EPA

Destas 90 mil pessoas, "cerca de 40 mil vêm da zona de Pompomari, que está completamente deserta"

Após violentos confrontos

Noventa mil pessoas deslocadas na Nigéria

Cerca de 90 mil pessoas abandonaram a cidade de Damaturu, no nordeste da Nigéria, após os violentos confrontos entre combatentes islamitas e forças de segurança na última semana, indicou esta quarta-feira um responsável de um organismo de socorro.

  • 28 de Dezembro 2011, 11h58
  • Nº de votos (0)
  • Comentários (0)

 

"Temos actualmente cerca de 90 mil pessoas deslocadas após os confrontos de Damaturu", indicou o coordenador para a região do nordeste da Agência Nacional de Socorro, Ibrahim Farinloye.  

Destas 90 mil pessoas, "cerca de 40 mil vêm da zona de Pompomari, que está completamente deserta, acrescentou o responsável, sublinhando que alguns deslocados perderam as suas casas e outros fugiram por razões de segurança". 

"Aconselhámos os deslocados a não ir para um campo temporário por razões de segurança. A maior parte deles encontrou refúgio em casa de amigos e familiares na cidade e nas aldeias vizinhas", precisou.  

A cidade de Damaturu foi palco de violentos confrontos na semana passada, com presumíveis membros da seita islamita Boko Haram a lançarem ataques, que foram seguidos de uma violenta repressão das forças de segurança.   

Segundo uma organização de defesa dos direitos do Homem e uma fonte policial, até 100 pessoas podem ter morrido nesses confrontos.  

Entretanto, sete pessoas ficaram feridas num ataque com um engenho armadilhado a uma escola corânica no sul da Nigéria, indicou hoje fonte policial, alguns dias depois dos atentados que visaram várias igrejas no dia de Natal.  

"Um explosivo de fraca potência, fabricado localmente, foi atirado contra uma escola corânica em Sapele às 22h00 (21h00 em Lisboa)" de terça-feira, afirmou o porta-voz da polícia do Estado de Delta.  

As crianças feridas têm entre cinco e oito anos e estavam nas aulas no momento da explosão, indicou o porta-voz.  

A Nigéria é o país mais povoado de África com 160 milhões de habitantes, igualmente repartidos entre o norte maioritariamente muçulmano e o sul de maioria cristã.  

  • Corrigir
  • Feedback
  • PARTILHAR      
Pub
Comentários a esta notícia
COMENTAR
Título
Texto

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

LOGIN
Utilizador
Password

Esqueceu-se da palavra-chave?

Registe-se


Registe-se no site do CM para deixar de preencher os seus dados pessoais quando comenta as noticias.

COMENTAR
Título
Texto
Nome
Email
Localidade
Anónimo

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

Pub
Pub


SONDAGEM

SONDAGENS: PSD/CDS (33,7%) vai recuperar terreno para PS (40,9%)?

Votar »« Ver resultados


<>
VEJA AQUI MAPA ACTUALIZADO
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte,
sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A. ,
uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.
Consulte as condições legais de utilização.