jornal impresso

Edição impressa

27 Agosto 2014

Ver capas anteriores

Previsões
  • Diretor: Octávio Ribeiro
  • Diretores-adjuntos: Armando Esteves Pereira, Eduardo Dâmaso e Carlos Rodrigues

Fio de Prumo

Cadastro é currículo

Armando Vara ou Dias Loureiro concluem as suas carreiras como empresários de sucesso. E ricos.

  • 13 de Dezembro 2011, 01h00
  • Nº de votos (52)
  • Comentários (8)

Por:Paulo Morais, Professor Universitário




Porque será que tantos políticos se dedicam à vida empresarial? E o que irão eles fazer para as empresas? Negócios com o Estado, claro está. Quase sempre. Negócios de milhões. Os lugares dourados em empresas do regime são, aliás, o destino final das carreiras políticas dos mais habilidosos.

Armando Vara ou Dias Loureiro (e muitos de igual jaez) não teriam provavelmente sucesso em qualquer outro país. Mas por cá, graças à política, concluem as suas carreiras como empresários de sucesso. E ricos. Porque o regime compensa carreiras que são construídas de pernas para o ar e ao arrepio de toda a competência.

Na Europa ou nos Estados Unidos da América, os bons profissionais saem das universidades, vão trabalhar em empresas e instituições, criam riqueza. Depois de terem provado que sabem fazer alguma coisa de útil, alguns optam por disponibilizar os seus conhecimentos ao serviço da comunidade. E aí iniciam uma participação política. No final das suas carreiras, muitos vão para as universidades transmitir o saber que adquiriram ao longo da vida.

Em Portugal, o percurso é bem diverso. Concluída a formação universitária, os dirigentes partidários anseiam por um cargo político. Para o qual são nomeados por via do seu currículo partidário e jamais por qualquer competência académica ou profissional.

Empossados em funções públicas, a maioria logo esquece o povo e até a lei. Exerce o seu lugar ao serviço da teia perversa de negócios em que os partidos estão envolvidos. Ao fim de alguns anos, instala-se comodamente num qualquer "tacho" duma empresa privada, auferindo milhões.

Poderiam eles ser administradores em empresas de referência de países desenvolvidos? Obviamente que não. Apenas obtêm estes lugares porque no exercício das suas funções públicas favoreceram os grupos privados, que agora os gratificam. E que os recompensam pelo prejuízo que provocaram ao Estado português. Prejuízo que continuarão, aliás, a causar, obtendo favores do Estado para os grupos dos quais agora são assalariados. E para os quais afinal sempre trabalharam, mesmo enquanto políticos.

  • Corrigir
  • Feedback
  • PARTILHAR      
Outras de Paulo Morais
Pub
Comentários a esta notícia
  • Comentário feito por:João
  • 03 Janeiro 2012

Sempre tive consideração por PM, e sempre que posso leio todos os seus artigos e acompanho as suas intervenções. Não partilho nem sou da sua família política, mas p/mim,PM aviva a convicção de que ainda há homens justos.

  • Comentário feito por:Carlos Silva
  • 15 Dezembro 2011

Bom texto que reflecte o verdadeiro percurso tipo do político...

  • Comentário feito por:António José
  • 14 Dezembro 2011

Nunca em tão poucas palavras, se definiu corretamente o estado da Nação.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 13 Dezembro 2011

muito,muito,muito bom o artigo!concordo plenamnete!acrescento:se não houvesse politicos destes Portugal seria o maior do mundo!

  • Comentário feito por:portuense do sul
  • 13 Dezembro 2011

Ó Galhardo não sabe ler,ou é cego?O prof. Paulo Morais dá dois exemplos um do PS e outro do PSD e diz: muitos de igual jaez.Sabe o que quer dizer? Eu explico! Jaez= da mesma laia, da mesma espécie, do mesmo género.Arre!

  • Comentário feito por:Henrique De Pina Cardoso
  • 13 Dezembro 2011

Meu caro parabéns !Vejo que escreve coisas pensadas e com bom senso!Sabe isto para o senso comum é palha para burro comer.Na verdade diz as verdades com todas as letras e propõe a solução.Os que entendem fazem-se de cego

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 13 Dezembro 2011

Muito bem visto. ARMANDO VARA = robalo+alheira= a ROUBALHEIRA.Portanto prisão com ele que é onde estão os criminosos e a justiça têm que começar a dar o exemplo.E ainda falta o pior o mais procurado"sócrates"

  • Comentário feito por:Galhardo
  • 13 Dezembro 2011

Que raio de comparação. Mais parece um tubarão Duarte Lima, e uma robalo se quiserem, A. Vara. Porque não comparar a Dias Loureiro, Horta e Costa, secretário de estado de Cavaco, Isaltino, entre tantos outros PSD/CDS?

Página

    • Comentário feito por:Galhardo
    • 13 Dezembro 2011

    Que raio de comparação. Mais parece um tubarão Duarte Lima, e uma robalo se quiserem, A. Vara. Porque não comparar a Dias Loureiro, Horta e Costa, secretário de estado de Cavaco, Isaltino, entre tantos outros PSD/CDS?

    • Comentário feito por: Anónimo
    • 13 Dezembro 2011

    Muito bem visto. ARMANDO VARA = robalo+alheira= a ROUBALHEIRA.Portanto prisão com ele que é onde estão os criminosos e a justiça têm que começar a dar o exemplo.E ainda falta o pior o mais procurado"sócrates"

    • Comentário feito por:Henrique De Pina Cardoso
    • 13 Dezembro 2011

    Meu caro parabéns !Vejo que escreve coisas pensadas e com bom senso!Sabe isto para o senso comum é palha para burro comer.Na verdade diz as verdades com todas as letras e propõe a solução.Os que entendem fazem-se de cego

    • Comentário feito por:portuense do sul
    • 13 Dezembro 2011

    Ó Galhardo não sabe ler,ou é cego?O prof. Paulo Morais dá dois exemplos um do PS e outro do PSD e diz: muitos de igual jaez.Sabe o que quer dizer? Eu explico! Jaez= da mesma laia, da mesma espécie, do mesmo género.Arre!

    • Comentário feito por: Anónimo
    • 13 Dezembro 2011

    muito,muito,muito bom o artigo!concordo plenamnete!acrescento:se não houvesse politicos destes Portugal seria o maior do mundo!

    • Comentário feito por:António José
    • 14 Dezembro 2011

    Nunca em tão poucas palavras, se definiu corretamente o estado da Nação.

    • Comentário feito por:Carlos Silva
    • 15 Dezembro 2011

    Bom texto que reflecte o verdadeiro percurso tipo do político...

    • Comentário feito por:João
    • 03 Janeiro 2012

    Sempre tive consideração por PM, e sempre que posso leio todos os seus artigos e acompanho as suas intervenções. Não partilho nem sou da sua família política, mas p/mim,PM aviva a convicção de que ainda há homens justos.

    • Comentário feito por:António José
    • 14 Dezembro 2011

    Nunca em tão poucas palavras, se definiu corretamente o estado da Nação.

    • Comentário feito por:Carlos Silva
    • 15 Dezembro 2011

    Bom texto que reflecte o verdadeiro percurso tipo do político...

    • Comentário feito por:Henrique De Pina Cardoso
    • 13 Dezembro 2011

    Meu caro parabéns !Vejo que escreve coisas pensadas e com bom senso!Sabe isto para o senso comum é palha para burro comer.Na verdade diz as verdades com todas as letras e propõe a solução.Os que entendem fazem-se de cego

    • Comentário feito por:Galhardo
    • 13 Dezembro 2011

    Que raio de comparação. Mais parece um tubarão Duarte Lima, e uma robalo se quiserem, A. Vara. Porque não comparar a Dias Loureiro, Horta e Costa, secretário de estado de Cavaco, Isaltino, entre tantos outros PSD/CDS?

    • Comentário feito por:portuense do sul
    • 13 Dezembro 2011

    Ó Galhardo não sabe ler,ou é cego?O prof. Paulo Morais dá dois exemplos um do PS e outro do PSD e diz: muitos de igual jaez.Sabe o que quer dizer? Eu explico! Jaez= da mesma laia, da mesma espécie, do mesmo género.Arre!

    • Comentário feito por: Anónimo
    • 13 Dezembro 2011

    muito,muito,muito bom o artigo!concordo plenamnete!acrescento:se não houvesse politicos destes Portugal seria o maior do mundo!

    • Comentário feito por: Anónimo
    • 13 Dezembro 2011

    Muito bem visto. ARMANDO VARA = robalo+alheira= a ROUBALHEIRA.Portanto prisão com ele que é onde estão os criminosos e a justiça têm que começar a dar o exemplo.E ainda falta o pior o mais procurado"sócrates"

    • Comentário feito por:João
    • 03 Janeiro 2012

    Sempre tive consideração por PM, e sempre que posso leio todos os seus artigos e acompanho as suas intervenções. Não partilho nem sou da sua família política, mas p/mim,PM aviva a convicção de que ainda há homens justos.

    • Comentário feito por:João
    • 03 Janeiro 2012

    Sempre tive consideração por PM, e sempre que posso leio todos os seus artigos e acompanho as suas intervenções. Não partilho nem sou da sua família política, mas p/mim,PM aviva a convicção de que ainda há homens justos.

    • Comentário feito por: Anónimo
    • 13 Dezembro 2011

    muito,muito,muito bom o artigo!concordo plenamnete!acrescento:se não houvesse politicos destes Portugal seria o maior do mundo!

    • Comentário feito por: Anónimo
    • 13 Dezembro 2011

    Muito bem visto. ARMANDO VARA = robalo+alheira= a ROUBALHEIRA.Portanto prisão com ele que é onde estão os criminosos e a justiça têm que começar a dar o exemplo.E ainda falta o pior o mais procurado"sócrates"

    • Comentário feito por:portuense do sul
    • 13 Dezembro 2011

    Ó Galhardo não sabe ler,ou é cego?O prof. Paulo Morais dá dois exemplos um do PS e outro do PSD e diz: muitos de igual jaez.Sabe o que quer dizer? Eu explico! Jaez= da mesma laia, da mesma espécie, do mesmo género.Arre!

    • Comentário feito por:Galhardo
    • 13 Dezembro 2011

    Que raio de comparação. Mais parece um tubarão Duarte Lima, e uma robalo se quiserem, A. Vara. Porque não comparar a Dias Loureiro, Horta e Costa, secretário de estado de Cavaco, Isaltino, entre tantos outros PSD/CDS?

    • Comentário feito por:Henrique De Pina Cardoso
    • 13 Dezembro 2011

    Meu caro parabéns !Vejo que escreve coisas pensadas e com bom senso!Sabe isto para o senso comum é palha para burro comer.Na verdade diz as verdades com todas as letras e propõe a solução.Os que entendem fazem-se de cego

    • Comentário feito por:Carlos Silva
    • 15 Dezembro 2011

    Bom texto que reflecte o verdadeiro percurso tipo do político...

    • Comentário feito por:António José
    • 14 Dezembro 2011

    Nunca em tão poucas palavras, se definiu corretamente o estado da Nação.

    COMENTAR
    Título
    Texto

    Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

    Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

    Registe-se no site do CM para deixar de preencher os seus dados pessoais quando comenta as noticias.
    COMENTAR
    Título
    Texto
    Nome
    Email
    Localidade
    Anónimo

    Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

    Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

    Pub
    Pub


    SONDAGEM

    FPF: Alterações introduzidas vão melhorar os resultados das Seleções?

    Votar »« Ver resultados


    <>
    VEJA AQUI MAPA ACTUALIZADO
    Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte,
    sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A. ,
    uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.
    Consulte as condições legais de utilização.