jornal impresso

Edição impressa

17 Abril 2014

Ver capas anteriores

  • Diretor: Octávio Ribeiro
  • Diretores-adjuntos: Armando Esteves Pereira, Eduardo Dâmaso e Carlos Rodrigues

Dia a Dia

As crianças primeiro

A anunciada intenção do ministro da Saúde, Paulo Macedo, de proibir o fumo em veículos privados que transportem crianças foi mal recebida, desencadeando críticas que uniram vozes tanto à esquerda como à direita.

Por:José Rodrigues, Editor Política/Economia




Perante as ameaças que actualmente se colocam ao direito dos cidadãos à Saúde, a medida poderá até ser considerada irrelevante, mas não é justo classificá-la de "fundamentalista", "paternalista", "excessiva", "intrusiva", "impositiva", quando o seu objectivo é proteger as crianças.

O Estado está a ir longe demais ao entrar no espaço privado dos cidadãos, como é o caso do carro? Mas a verdade é que o Estado já nos entrou no carro há muito tempo, proibindo ao condutor o álcool e o telemóvel e impondo-lhe o cinto de segurança. A medida é praticamente impossível de fiscalizar, e seriam mais eficazes campanhas de sensibilização para os perigos do fumo passivo nas crianças? Sim, mas a proibição pode dissuadir ou no mínimo alertar os mais inconscientes, além de relançar o debate, sempre útil, sobre os malefícios e os custos do tabagismo.

Quanto à questão da intromissão na esfera privada, ela cai por terra quando outro valor mais alto se levanta: a saúde, e a vida, das crianças.

  • Corrigir
  • Feedback
  • PARTILHAR      
Outras de José Rodrigues
Pub
Comentários a esta notícia
  • Comentário feito por: Anónimo
  • 16 Abril 2012

A primeira coisa que lamento é que seja necessária uma lei para dizer aos pais o que não deviam fazer.Qualquer pai responsável devia sabê-lo.Lamento ainda que haja quem defenda a anarquia.Vivemos em Sociedade com regras.

  • Comentário feito por:Jaquim
  • 16 Abril 2012

Este Desgoverno devia prestar mais atenção ás crianças que passam fome.Tratem dos problemas de base e depois divirtam-se nos gabinetes a planear coisas menores.

  • Comentário feito por:Jaquim
  • 16 Abril 2012

Este Desgoverno devia prestar mais atenção ás crianças que passam fome.Tratem dos problemas de base e depois divirtam-se nos gabinetes a planear coisas menores.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 16 Abril 2012

A primeira coisa que lamento é que seja necessária uma lei para dizer aos pais o que não deviam fazer.Qualquer pai responsável devia sabê-lo.Lamento ainda que haja quem defenda a anarquia.Vivemos em Sociedade com regras.

  • Comentário feito por:Jaquim
  • 16 Abril 2012

Este Desgoverno devia prestar mais atenção ás crianças que passam fome.Tratem dos problemas de base e depois divirtam-se nos gabinetes a planear coisas menores.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 16 Abril 2012

A primeira coisa que lamento é que seja necessária uma lei para dizer aos pais o que não deviam fazer.Qualquer pai responsável devia sabê-lo.Lamento ainda que haja quem defenda a anarquia.Vivemos em Sociedade com regras.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 16 Abril 2012

A primeira coisa que lamento é que seja necessária uma lei para dizer aos pais o que não deviam fazer.Qualquer pai responsável devia sabê-lo.Lamento ainda que haja quem defenda a anarquia.Vivemos em Sociedade com regras.

  • Comentário feito por:Jaquim
  • 16 Abril 2012

Este Desgoverno devia prestar mais atenção ás crianças que passam fome.Tratem dos problemas de base e depois divirtam-se nos gabinetes a planear coisas menores.

COMENTAR
Título
Texto

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

LOGIN
Utilizador
Password

Esqueceu-se da palavra-chave?

Registe-se


Registe-se no site do CM para deixar de preencher os seus dados pessoais quando comenta as noticias.

COMENTAR
Título
Texto
Nome
Email
Localidade
Anónimo

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

Pub
Pub


    SONDAGEM

    IMPOSTOS: É possível descer IRS esta legislatura?

    Votar »« Ver resultados


    <>
    VEJA AQUI MAPA ACTUALIZADO
    Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte,
    sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A. ,
    uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.
    Consulte as condições legais de utilização.