jornal impresso

Edição impressa

23 Julho 2014

Ver capas anteriores

Previsões
  • Diretor: Octávio Ribeiro
  • Diretores-adjuntos: Armando Esteves Pereira, Eduardo Dâmaso e Carlos Rodrigues

Fio de prumo

Isaltino

Isaltino Morais continua à solta. Foi condenado nos tribunais, em todas as instâncias, mas o Estado português não tem meios para o mandar prender. É esta a triste realidade: o cidadão Isaltino tem mais poder do que todo o sistema de Justiça.

  • 24 de Janeiro 2012, 01h00
  • Nº de votos (82)
  • Comentários (14)

Por:Paulo Morais, Professor universitário




Isaltino não é apenas um autarca ou até só um réu. É já um símbolo deste regime decrépito. Representa o que há de pior na promiscuidade entre negócios e política, simboliza a corrupção e a total impunidade.

Toda a sua vida política e empresarial e todo o seu enriquecimento são representativos do quanto este regime se degradou.

As suas sucessivas eleições para a Câmara de Oeiras já nem surpreendem. Os oeirenses sabem que a generalidade dos políticos não é séria e por isso acreditam que ter como presidente um criminoso com obra é talvez um mal menor. Na senda do slogan desse Isaltino brasileiro que foi Ademar de Barros: "Rouba mas faz."

Isaltino foi acusado dos crimes de participação económica em negócio, corrupção, branqueamento de capitais, abuso de poder e fraude fiscal. Segundo a acusação, Isaltino Morais "recebia dinheiro em envelopes entregues no seu gabinete" para licenciar loteamentos, construções ou permutas de terrenos.

Depois de um longo processo, já com sete anos, veio a consequente condenação. A que se seguiram recursos e mais recursos. Mas, mesmo depois de os recursos terem sido declarados improcedentes, o presidente da Câmara de Oeiras continua à solta.

O próprio presidente do Supremo Tribunal de Justiça veio proclamar que a prisão já deveria ter tido lugar e que "não faz sentido que a pena ainda não tenha sido executada". Mas graças ao seu enorme peso político, e dispondo do apoio de advogados que se mexem com perfeição no pântano em que o aparelho de Justiça se transformou, Isaltino é impune.

A não detenção de Isaltino é escandalosa, mesmo em Portugal.

Faz perigar o Estado de direito, pois o mínimo que se exige a um sistema de Justiça é que consiga executar as suas decisões. E esta situação pode até constituir uma sentença de morte para a própria democracia.

Pois um Estado que não é de direito não é democrático.

  • Corrigir
  • Feedback
  • PARTILHAR      
Outras de Opinião
Pub
Comentários a esta notícia
  • Comentário feito por: Anónimo
  • 04 Abril 2013

Devem ter em atençao que a foto presente no artigo é de Carlos Morais e nao Isaltino

  • Comentário feito por:zeze
  • 26 Setembro 2012

Era apanha-lo na rua dar-lhe uma tareia ate ele dizer o que roubou e ficar sem nada

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 26 Setembro 2012

MAÇONARIA

  • Comentário feito por:Jota B
  • 26 Setembro 2012

Portugal não é um estado de direito?! Depende. Alguém como eu que prevarique a ver o que lhe toca!

  • Comentário feito por:Rubim Almeida
  • 26 Setembro 2012

Pior que um qualquer "Isaltino" só mesmo um "Anónimo" amigo do Isaltino que distorce a realidade. Estes anónimos devem comer na mesma gamela e deviam ser proibidos de comentar!

  • Comentário feito por:Luis Lopes
  • 04 Setembro 2012

Como sempre digo fazendo uma graça triste : Nem o Isaltino vai dentro,nem o Val e Azevedo vem cá para dentro.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 13 Março 2012

Mais um pseudo opinion maker que fala do que não sabe e pensa o que não deve. Basta ler os jornais para perceber que nada do que ele diz relativamente à condenação corresponde à realidade. Enganador, no mínimo.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 25 Janeiro 2012

O Dr. Isaltino Morais pode ser culpado. O meu pré-juízo (não conheço o processo) diz-me que sim. Mas há uma coisa a respeito dele (e das demais pessoas julgada em Portugal): não teve um julgamento justo e imparcial.

  • Comentário feito por:Fernando
  • 24 Janeiro 2012

A coisas de bradar aos ceus esse isaltino consegue "isaltar" todo o mundo e nada lhe toca. Faz falta um Governante que so de uma vez despediu 8 ministros muitos se lembram.

  • Comentário feito por:Vitor Guerra
  • 24 Janeiro 2012

ANÓNIMO DAS 8.34H, QD SE INSULTA OU ACUSA ALGUÉM HÁ QUE TER A DIGNIDADE DE, PELO MENOS, ESCREVER O NOME...ALGUÉM QUE NEM NOME TEM...N EXISTE, N VALE NADA E, NESTE CASO, DEVE PERTENCER AO COMPADRIO E ABICHOU UMAS MIGALHAS

Página

  • Comentário feito por:Henrique De Pina Cardoso
  • 24 Janeiro 2012

Acha que eles prendem-se uns aos outros.Prof.Dr. Paulo Morais , o dr. Isaltino de Morais é Juiz também!Tem credenciais. O que esperava que acontecesse? O homem que tentou roubo no pingo doce está preso!

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 24 Janeiro 2012

Este comentador se vivesse na idade media, tinha profissão assegurada: ALGOZ. Hoje e aqui, vive do salário que lhe pagam para andar armado em transparente. hipócrita que nunca perdoou ter sido corrido da câmara do Porto.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 24 Janeiro 2012

Esta, infelizmente, é a VERDADE nua e crua. Foi esta montanha de esterco de leis, q a nossa PROSTITUIÇÃO/CONSTITUIÇÃO da para dilatar as leis por ELES feitas, bem como a constituição. Vilta ANTÓNIO!!!

  • Comentário feito por:Isabel Metello
  • 24 Janeiro 2012

O regime plutocrático e oligárquico reticular alimentado durante tantos anos foi no que deu. Justiça em Portugal?! É uma anedota, tem toda a razão! E olhe que fiz parte do movimento até saber o que sei

  • Comentário feito por:Vitor Guerra
  • 24 Janeiro 2012

ANÓNIMO DAS 8.34H, QD SE INSULTA OU ACUSA ALGUÉM HÁ QUE TER A DIGNIDADE DE, PELO MENOS, ESCREVER O NOME...ALGUÉM QUE NEM NOME TEM...N EXISTE, N VALE NADA E, NESTE CASO, DEVE PERTENCER AO COMPADRIO E ABICHOU UMAS MIGALHAS

  • Comentário feito por:Fernando
  • 24 Janeiro 2012

A coisas de bradar aos ceus esse isaltino consegue "isaltar" todo o mundo e nada lhe toca. Faz falta um Governante que so de uma vez despediu 8 ministros muitos se lembram.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 25 Janeiro 2012

O Dr. Isaltino Morais pode ser culpado. O meu pré-juízo (não conheço o processo) diz-me que sim. Mas há uma coisa a respeito dele (e das demais pessoas julgada em Portugal): não teve um julgamento justo e imparcial.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 13 Março 2012

Mais um pseudo opinion maker que fala do que não sabe e pensa o que não deve. Basta ler os jornais para perceber que nada do que ele diz relativamente à condenação corresponde à realidade. Enganador, no mínimo.

  • Comentário feito por:Luis Lopes
  • 04 Setembro 2012

Como sempre digo fazendo uma graça triste : Nem o Isaltino vai dentro,nem o Val e Azevedo vem cá para dentro.

  • Comentário feito por:Rubim Almeida
  • 26 Setembro 2012

Pior que um qualquer "Isaltino" só mesmo um "Anónimo" amigo do Isaltino que distorce a realidade. Estes anónimos devem comer na mesma gamela e deviam ser proibidos de comentar!

  • Comentário feito por:Fernando
  • 24 Janeiro 2012

A coisas de bradar aos ceus esse isaltino consegue "isaltar" todo o mundo e nada lhe toca. Faz falta um Governante que so de uma vez despediu 8 ministros muitos se lembram.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 24 Janeiro 2012

Esta, infelizmente, é a VERDADE nua e crua. Foi esta montanha de esterco de leis, q a nossa PROSTITUIÇÃO/CONSTITUIÇÃO da para dilatar as leis por ELES feitas, bem como a constituição. Vilta ANTÓNIO!!!

  • Comentário feito por:Henrique De Pina Cardoso
  • 24 Janeiro 2012

Acha que eles prendem-se uns aos outros.Prof.Dr. Paulo Morais , o dr. Isaltino de Morais é Juiz também!Tem credenciais. O que esperava que acontecesse? O homem que tentou roubo no pingo doce está preso!

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 24 Janeiro 2012

Este comentador se vivesse na idade media, tinha profissão assegurada: ALGOZ. Hoje e aqui, vive do salário que lhe pagam para andar armado em transparente. hipócrita que nunca perdoou ter sido corrido da câmara do Porto.

  • Comentário feito por:Jota B
  • 26 Setembro 2012

Portugal não é um estado de direito?! Depende. Alguém como eu que prevarique a ver o que lhe toca!

  • Comentário feito por:Vitor Guerra
  • 24 Janeiro 2012

ANÓNIMO DAS 8.34H, QD SE INSULTA OU ACUSA ALGUÉM HÁ QUE TER A DIGNIDADE DE, PELO MENOS, ESCREVER O NOME...ALGUÉM QUE NEM NOME TEM...N EXISTE, N VALE NADA E, NESTE CASO, DEVE PERTENCER AO COMPADRIO E ABICHOU UMAS MIGALHAS

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 25 Janeiro 2012

O Dr. Isaltino Morais pode ser culpado. O meu pré-juízo (não conheço o processo) diz-me que sim. Mas há uma coisa a respeito dele (e das demais pessoas julgada em Portugal): não teve um julgamento justo e imparcial.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 13 Março 2012

Mais um pseudo opinion maker que fala do que não sabe e pensa o que não deve. Basta ler os jornais para perceber que nada do que ele diz relativamente à condenação corresponde à realidade. Enganador, no mínimo.

  • Comentário feito por:Isabel Metello
  • 24 Janeiro 2012

O regime plutocrático e oligárquico reticular alimentado durante tantos anos foi no que deu. Justiça em Portugal?! É uma anedota, tem toda a razão! E olhe que fiz parte do movimento até saber o que sei

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 04 Abril 2013

Devem ter em atençao que a foto presente no artigo é de Carlos Morais e nao Isaltino

  • Comentário feito por:Luis Lopes
  • 04 Setembro 2012

Como sempre digo fazendo uma graça triste : Nem o Isaltino vai dentro,nem o Val e Azevedo vem cá para dentro.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 26 Setembro 2012

MAÇONARIA

  • Comentário feito por:zeze
  • 26 Setembro 2012

Era apanha-lo na rua dar-lhe uma tareia ate ele dizer o que roubou e ficar sem nada

  • Comentário feito por:Rubim Almeida
  • 26 Setembro 2012

Pior que um qualquer "Isaltino" só mesmo um "Anónimo" amigo do Isaltino que distorce a realidade. Estes anónimos devem comer na mesma gamela e deviam ser proibidos de comentar!

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 04 Abril 2013

Devem ter em atençao que a foto presente no artigo é de Carlos Morais e nao Isaltino

  • Comentário feito por:Isabel Metello
  • 24 Janeiro 2012

O regime plutocrático e oligárquico reticular alimentado durante tantos anos foi no que deu. Justiça em Portugal?! É uma anedota, tem toda a razão! E olhe que fiz parte do movimento até saber o que sei

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 25 Janeiro 2012

O Dr. Isaltino Morais pode ser culpado. O meu pré-juízo (não conheço o processo) diz-me que sim. Mas há uma coisa a respeito dele (e das demais pessoas julgada em Portugal): não teve um julgamento justo e imparcial.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 13 Março 2012

Mais um pseudo opinion maker que fala do que não sabe e pensa o que não deve. Basta ler os jornais para perceber que nada do que ele diz relativamente à condenação corresponde à realidade. Enganador, no mínimo.

  • Comentário feito por:Jota B
  • 26 Setembro 2012

Portugal não é um estado de direito?! Depende. Alguém como eu que prevarique a ver o que lhe toca!

  • Comentário feito por:Vitor Guerra
  • 24 Janeiro 2012

ANÓNIMO DAS 8.34H, QD SE INSULTA OU ACUSA ALGUÉM HÁ QUE TER A DIGNIDADE DE, PELO MENOS, ESCREVER O NOME...ALGUÉM QUE NEM NOME TEM...N EXISTE, N VALE NADA E, NESTE CASO, DEVE PERTENCER AO COMPADRIO E ABICHOU UMAS MIGALHAS

COMENTAR
Título
Texto

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

Registe-se no site do CM para deixar de preencher os seus dados pessoais quando comenta as noticias.
COMENTAR
Título
Texto
Nome
Email
Localidade
Anónimo

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

Pub
Pub


SONDAGEM

EDUCAÇÃO: Prova dos professores foi um sucesso para o Ministério?

Votar »« Ver resultados

SONDAGEM

EDUCAÇÃO: Ministério faz bem em insistir na avaliação dos professores?

Votar »« Ver resultados


<>
VEJA AQUI MAPA ACTUALIZADO
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte,
sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A. ,
uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.
Consulte as condições legais de utilização.