jornal impresso

Edição impressa

26 Julho 2014

Ver capas anteriores

Previsões
  • Diretor: Octávio Ribeiro
  • Diretores-adjuntos: Armando Esteves Pereira, Eduardo Dâmaso e Carlos Rodrigues
Getty Images

A maioria das mulheres abortou nas unidades de saúde públicas pelo método medicamentoso

Saúde: 18 911 pediram para interromper a gravidez

Há mulheres que já fizeram 10 abortos

Duzentos e cinquenta e uma mulheres já fizeram três ou mais abortos, revela um relatório da Direcção-Geral da Saúde (DGS), que identifica quatro mulheres que já abortaram mais de dez vezes.

Por:Cristina Serra

 

Segundo o relatório, o total de abortos em 2010, independentemente dos motivos, foi de 19 436. Desses, 97 por cento (18 911) foram realizados a pedido da mulher.

Duarte Vilar, da Associação Portuguesa de Planeamento Familiar, afirmou ao CM que "a repetição dos abortos aconteceu de forma clandestina". Nessas circunstâncias, diz, "não há técnicos a encaminhar as mulheres para as unidades de consultas de planeamento familiar". Segundo o sociólogo, 13% das mulheres não usam contraceptivo e "importa perceber porquê e porque repetem os abortos". A associação está a ultimar um estudo, a divulgar dentro de dois meses, sobre "o problema das repetições de aborto".

Já o obstetra e coordenador do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida, Miguel Oliveira Silva, defende que as mulheres que abortam nos hospitais públicos e faltam à posterior consulta de planeamento deveriam pagar a intervenção.

"Não devemos pagar com os nossos impostos um segundo aborto a uma pessoa que, irresponsavelmente após o primeiro, falta à consulta", disse.

Lisa Vicente, da DGS, considera "fundamental que o Estado proporcione consultas de planeamento e contraceptivos gratuitos".

MAIS DE 100 ADOLESCENTES ABORTARAM

A maioria dos abortos foram feitos por mulheres entre os 20 e os 34 anos. Porém, foram realizadas 101 interrupções por raparigas com menos de 15 anos. Dos 15 aos 19 anos abortaram 2214 jovens, revela o relatório da Direcção-Geral da Saúde. Quase 40 por cento das mulheres (7494) que abortaram em 2010 não tinham filhos, 5492 tinham um, 4321 dois e 1176 três filhos. A maioria das interrupções foi feita nos hospitais públicos (12 946). O método cirúrgico com anestesia geral foi o mais escolhido no sector privado (5651 das 6061 interrupções), enquanto no público a opção recai sobre o medicamentoso (12 404 das 12 535 efectuadas). Lisboa é a cidade com maior número de interrupções da gravidez (6842).

  • Corrigir
  • Feedback
  • PARTILHAR      
Pub
Comentários a esta notícia
  • Comentário feito por: Anónimo
  • 02 Abril 2011

acho curioso k só se culpem as mulheres por esta situação. acaso fizeram os filhos sozinhas?? já agora, a despenalização do aborto foi sujeita a referendo, agora n se culpe o governo pela escolha do povo.

  • Comentário feito por:jose
  • 01 Abril 2011

O Pais ja por si é um aborto.

  • Comentário feito por:Danny
  • 01 Abril 2011

Quando os partidos forjaram a Lei da treta,disse logo que algumas mulheres iam usá-la como contraceptivo.Por este motivo,no referendo votei contra,pois previa que o erário público ia ser gasto com as irresposáveis.

  • Comentário feito por:Rodrigues
  • 01 Abril 2011

Num pais onde a pilula não é comparticipada, mas o aborto é!!! esta tudo explicado, pena é que só seja permitido agora, porque se fosse há 50 anos talvez a mãe de quem nós pós assim tivesse abortado, e estavamos melhor.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 01 Abril 2011

governo... isto devia ser condanavel. mercia dez anos de prisao.

  • Comentário feito por:alice Brito
  • 01 Abril 2011

Nao percebo porque e que nao as "capam" 1 vez tem graca, a segunda e para castigo, isto e o meu entender..

  • Comentário feito por:paulo
  • 01 Abril 2011

Para JesusC.Primeiro vai mandar calar quem te fez,ok!? Pena...foi a tua Mãe não ter feito um aborto assim não teríamos de ler tamanha idiotice,acho que o comentario mais votado é esclarecedor e e cheio de razão,cromo!

  • Comentário feito por:1904
  • 01 Abril 2011

Depois da pilula, preservativo, "aparelho", anel e espermicida, heis que surge UM NOVO MÉTODO CONTRACEPTIVO: O ABORTO...

  • Comentário feito por:JOSE A.
  • 01 Abril 2011

Gostava de saber o que têm agora a dizer os que defenderam esta lei do aborto. Esta lei foi mais um desvario da esquerda politica que tem arruínado opaís.

  • Comentário feito por:Laura
  • 01 Abril 2011

Depois do 2ºaborto deviam de ser obrigadas a laquear as trompas e a pagar os anteriores abortos.

Página

  • Comentário feito por:JesusC
  • 01 Abril 2011

Ou gostam de ... ,ou gostam muito de... ou as duas coisas . Em qq dos casos, ninguem tem nada a ver com isso. A lei e' bem clara, qd diz que a IVG e' feita por vontade expressa da mulher. Calem-se com esse barulho!

  • Comentário feito por:Zé Povo
  • 01 Abril 2011

Foi mais uma lei feita à balda e eleitoralista! Mas, este povo estúpido e boçal, nunca percebe nada e toca de votar nestes palhaços, convencidos que são muito avançados!

  • Comentário feito por:Utilizador Registado
  • 01 Abril 2011

Era isto que se temia e previa ou seja, a facilidade em proceder a um aborto iria levar algumas mulheres a utiliza-lo de uma forma irresponsável. Esta atitude deve ser severamente castigadas.

  • Comentário feito por:ARodrigues
  • 01 Abril 2011

Eu supunha que a informação médica do paciente era confidencial.

  • Comentário feito por:Suki
  • 01 Abril 2011

Pagar impostos para isto? Nem devíamos! Prevenção, métodos contraceptivos gratuitos, isso sim!

  • Comentário feito por:solage sousa
  • 01 Abril 2011

É lamentável que em pleno 2011, ainda temos que conviver com uma estupidez destas, onde mulheres tão modernas, liberais ainda praticam sexo irresponsáveis e inconsequente.É ai que vemos o quanto a mulher creceu e evoluiu

  • Comentário feito por:Joao P.
  • 01 Abril 2011

Ao 5º aborto laquiava-se as trompas e resolvia-se o problema dessas mulheres de uma vez por todas.

  • Comentário feito por:Miguel
  • 01 Abril 2011

Acho bem, já viram uma gaja destas ter 1 filho. Nem que faça mais de 1000 abortos.

  • Comentário feito por:Maria
  • 01 Abril 2011

Concordo com o pagamento dos abortos caso faltem às consultas de planeamento. Deviam ser obrigatórias! Às mulheres dos 10 abortos arrumava-se com o assunto de vez, está na cara que não querem ter filhos.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 01 Abril 2011

nova profissão "abortista"

  • Comentário feito por:Joao P.
  • 01 Abril 2011

Ao 5º aborto laquiava-se as trompas e resolvia-se o problema dessas mulheres de uma vez por todas.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 01 Abril 2011

nova profissão "abortista"

  • Comentário feito por:Rodrigues
  • 01 Abril 2011

Num pais onde a pilula não é comparticipada, mas o aborto é!!! esta tudo explicado, pena é que só seja permitido agora, porque se fosse há 50 anos talvez a mãe de quem nós pós assim tivesse abortado, e estavamos melhor.

  • Comentário feito por:JesusC
  • 01 Abril 2011

Ou gostam de ... ,ou gostam muito de... ou as duas coisas . Em qq dos casos, ninguem tem nada a ver com isso. A lei e' bem clara, qd diz que a IVG e' feita por vontade expressa da mulher. Calem-se com esse barulho!

  • Comentário feito por:Utilizador Registado
  • 01 Abril 2011

Era isto que se temia e previa ou seja, a facilidade em proceder a um aborto iria levar algumas mulheres a utiliza-lo de uma forma irresponsável. Esta atitude deve ser severamente castigadas.

  • Comentário feito por:A.P
  • 01 Abril 2011

Após o 3º aborto deviam ser obrigatoriamente esterilizadas.

  • Comentário feito por:Jose Pereira
  • 01 Abril 2011

12 000 envenenados e 7 000 esventrados e retalhados aos bocados enfin são menos 19 000 inocentes filhos da .... que por cá andam para satisfazerem uns quantos palonços que acham que isto é que é ser desenvolvido.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 01 Abril 2011

1 vez 2 vezes até é aceitavel mas a partir dai a mulher passa a ser uma fabrica de abortos. será que está mulheres não a aprendem e começam aplicar outros meios para evitar a gravidez.

  • Comentário feito por:JOSE A.
  • 01 Abril 2011

Gostava de saber o que têm agora a dizer os que defenderam esta lei do aborto. Esta lei foi mais um desvario da esquerda politica que tem arruínado opaís.

  • Comentário feito por:solage sousa
  • 01 Abril 2011

É lamentável que em pleno 2011, ainda temos que conviver com uma estupidez destas, onde mulheres tão modernas, liberais ainda praticam sexo irresponsáveis e inconsequente.É ai que vemos o quanto a mulher creceu e evoluiu

  • Comentário feito por:Jorge Coelho
  • 01 Abril 2011

Para poupar a vida a 5 mulheres por ano em abortos clandestinos, permite-se a matança descontrolada de 19,000 crianças. É o q acontece quando há excesso de liberalismo e não se pensa nas consequências.

  • Comentário feito por:Pedro
  • 01 Abril 2011

Já deviam ter morrido, grande azar

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 01 Abril 2011

governo... isto devia ser condanavel. mercia dez anos de prisao.

  • Comentário feito por:Dinis Evangelista
  • 01 Abril 2011

Pegar nos casos negativos é fácil para denegrir a decisão da despenalização do aborto, em vez de se realçar que - com esta lei - a mulher deixou de estar sujeita às humilhações e condições degradantes e ao risco de vida.

  • Comentário feito por:1904
  • 01 Abril 2011

Depois da pilula, preservativo, "aparelho", anel e espermicida, heis que surge UM NOVO MÉTODO CONTRACEPTIVO: O ABORTO...

  • Comentário feito por:jose
  • 01 Abril 2011

O Pais ja por si é um aborto.

  • Comentário feito por:Jeronimo
  • 01 Abril 2011

Nada na televisão, programas chatas, sempre a baterem na mesma tecla,pois, depois é claro, vão fazer coisas mais divertidas ....

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 01 Abril 2011

19.000*3 (vamos ignorar 2007 e supor um número fixo) = 53.000 251 mulheres que já fizeram três ou mais abortos (não foi num único ano, pois não???) = 0,44% 4 mulheres que já fizeram dez abortos = 0,0075%

  • Comentário feito por:Danny
  • 01 Abril 2011

Quando os partidos forjaram a Lei da treta,disse logo que algumas mulheres iam usá-la como contraceptivo.Por este motivo,no referendo votei contra,pois previa que o erário público ia ser gasto com as irresposáveis.

  • Comentário feito por:Dulce
  • 01 Abril 2011

mas estamos falando de femias humanas ou de animais.Porque só que animaos se aceita esta falta de responsablidade

COMENTAR
Título
Texto

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

Registe-se no site do CM para deixar de preencher os seus dados pessoais quando comenta as noticias.
COMENTAR
Título
Texto
Nome
Email
Localidade
Anónimo

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

Pub
Pub
VÍDEOS 
  • 
                    <a href="http://www.cmjornal.xl.pt/
            detalhe/multimedia/videogaleria/jovem-ja-entrou-em-dezenas-de-festivais-sem-pagar-um-centimo"  style="color:#F6FF00;"   >
                    Jovem já entrou em dezenas de festivais sem pagar um cêntimo</a>
  • 
                    <a href="http://www.cmjornal.xl.pt/
            detalhe/multimedia/videogaleria/tap-cancela-voos-ate-15-de-agosto"  style="color:#F6FF00;"   >
                    TAP cancela voos até 15 de agosto</a>
  • 
                    <a href="http://www.cmjornal.xl.pt/
            detalhe/multimedia/videogaleria/miseravel-vale-tudo"  style="color:#F6FF00;"   >
                    Miserável vale tudo</a>
  • 
                    <a href="http://www.cmjornal.xl.pt/
            detalhe/multimedia/videogaleria/futebol-de-milhoes-numa-europa-de-tostoes"  style="color:#F6FF00;"   >
                    Futebol de milhões numa Europa de tostões </a>
  • 
                    <a href="http://www.cmjornal.xl.pt/
            detalhe/multimedia/videogaleria/caso-do-meco-foi-arquivado"  style="color:#F6FF00;"   >
                    Caso do Meco foi arquivado </a>
  • 
                    <a href="http://www.cmjornal.xl.pt/
            detalhe/multimedia/videogaleria/atriz-de-o-sexo-e-a-cidade-descobre-antepassada-homicida"  style="color:#F6FF00;"   >
                    Atriz de 'O Sexo e a Cidade' descobre antepassada homicida</a>
  • 
                    <a href="http://www.cmjornal.xl.pt/
            detalhe/multimedia/videogaleria/ricardo-salgado-foi-detido113942027"  style="color:#F6FF00;"   >
                    Ricardo Salgado foi detido</a>
  • 
                    <a href="http://www.cmjornal.xl.pt/
            detalhe/multimedia/videogaleria/o-fomento-leva-o-o-vento"  style="color:#F6FF00;"   >
                    O fomento leva-o o vento</a>
  • 
                    <a href="http://www.cmjornal.xl.pt/
            detalhe/multimedia/videogaleria/os-bloguers-do-bloco-de-esquerda"  style="color:#F6FF00;"   >
                    Os bloguers do Bloco de Esquerda</a>
  • 
                    <a href="http://www.cmjornal.xl.pt/
            detalhe/multimedia/videogaleria/ricardo-salgado-foi-detido"  style="color:#F6FF00;"   >
                    Ricardo Salgado foi detido</a>
Partilhar 
Partilhar 
Partilhar 
Partilhar 
Partilhar 
Partilhar 
Partilhar 
Partilhar 
Partilhar 
Partilhar 


SONDAGEM

MECO: Aceita-se o arquivamento do processo?

Votar »« Ver resultados


<>
VEJA AQUI MAPA ACTUALIZADO
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte,
sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A. ,
uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.
Consulte as condições legais de utilização.