jornal impresso

Edição impressa

02 Agosto 2014

Ver capas anteriores

Previsões
  • Diretor: Octávio Ribeiro
  • Diretores-adjuntos: Armando Esteves Pereira, Eduardo Dâmaso e Carlos Rodrigues

Portugueses vão gastar mais nos supermercados com aumento do IVA

Refrigerantes, café e congelados passam a pagar taxa máxima de 23 por cento

IVA: Saiba quais os produtos que aumentam em 2012

A partir do próximo domingo, dia 1 de Janeiro, aumenta o preço de produtos como refrigerantes, café, óleos, margarinas, compotas, congelados, pizzas e comida para bebé, que passam a pagar a taxa máxima de IVA de 23 por cento.

  • 30 de Dezembro 2011, 10h11
  • Nº de votos (8)
  • Comentários (4)

 

O Governo, no Orçamento para 2012, manteve os bens essenciais do cabaz alimentar na taxa mínima de 6 por cento (como a massa, arroz, pão, peixe, leite, manteiga, iogurtes, legumes e fruta), mas subiu outros para a taxa normal, como a água engarrafada, bebidas e sobremesas lácteas e refrigerantes.

Outros ainda, como o café, a fruta em caldas, as compotas, a marmelada, os óleos e margarinas, os 'pickles', os frutos secos e aperitivos, saltam da taxa intermédia (13 por cento) para a taxa normal (23 por cento).

O mesmo acontece com os alimentos preparados: boiões de comida para bebé, pizzas, sandes e sopas prontas a comer, refeições e produtos congelados e pré-congelados vão também ser taxados a 23 por cento.

Qualquer refeição vai ficar mais cara, seja preparada em casa ou não, porque o IVA sobe também para 23 por cento no 'take-away', nas entregas ao domicílio e na restauração.

Lista de produtos em que o IVA passa de 6 por cento para 23 por cento:

- Bebidas e sobremesas lácteas

- Sobremesas de soja, incluindo tofu

- Batata (fresca descascada, inteira ou cortada, pré-frita, refrigerada, congelada, seca ou desidratada, ainda que em puré ou preparada por meio de cozedura ou fritura)

- Refrigerantes (com e sem gás), xaropes de sumos, bebidas concentradas de sumos e os produtos concentrados de sumos

- Provas e manifestações desportivas e outros divertimentos públicos

Lista de produtos em que o IVA passa de 6 por cento para 13 por cento:

- Águas de nascente e águas minerais, ainda que reforçadas ou adicionadas de gás carbónico e actividades culturais.

Lista de produtos em que a taxa passa de 13 por cento para 23 por cento

- Serviços de alimentação e bebidas (restauração incluída)

- Conservas de frutas, frutos e produtos hortícolas, frutas e frutos secos

- Óleos e margarinas alimentares

- Café, incluindo sucedâneos e misturas

- Aperitivos à base de produtos hortícolas e sementes

- Produtos preparados à base de carne, peixe, legumes ou produtos hortícolas;

- Massas recheadas, pizzas, sandes, sopas e refeições prontas a consumir (em regime de pronto a comer e levar ou com entrega ao domicilio);

- Aperitivos ou 'snacks' à base de estrudidos de milho e trigo, de milho moído e frito ou de fécula de batata;

- Gasóleo de aquecimento;

- Diversos aparelhos e equipamentos relacionados com energias renováveis;

  • Corrigir
  • Feedback
  • PARTILHAR      
Pub
Comentários a esta notícia
  • Comentário feito por: Anónimo
  • 31 Dezembro 2011

Concordo que os refrigerantes e outros produtos que fazem mal à saúde subam o preço.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 30 Dezembro 2011

O ar e a chuva, não se pagam? Estão a pensar como controlar e se a taxa há-de ser a 6, a 13 ou a 23% e se o S. Pedro deixará? Com ele não contem, que, quando os culpados lá chegarem, ele não vai dizer que são amigos!...

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 30 Dezembro 2011

É assim mesmo.Até apetece dizer que no tempo de Salazar é que se passava fome.Agora não, é tudo uma fartura de IMPOSTOS.Portanto é encher a barriga porque destes já não há muitos.O QUE VAI SER DE PORTUGAL?

  • Comentário feito por:Vampire
  • 30 Dezembro 2011

Depois de olhar para a foto só posso dizer..."Ainda bem que o leite não vai aumentar"...

  • Comentário feito por:Vampire
  • 30 Dezembro 2011

Depois de olhar para a foto só posso dizer..."Ainda bem que o leite não vai aumentar"...

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 30 Dezembro 2011

É assim mesmo.Até apetece dizer que no tempo de Salazar é que se passava fome.Agora não, é tudo uma fartura de IMPOSTOS.Portanto é encher a barriga porque destes já não há muitos.O QUE VAI SER DE PORTUGAL?

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 30 Dezembro 2011

O ar e a chuva, não se pagam? Estão a pensar como controlar e se a taxa há-de ser a 6, a 13 ou a 23% e se o S. Pedro deixará? Com ele não contem, que, quando os culpados lá chegarem, ele não vai dizer que são amigos!...

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 31 Dezembro 2011

Concordo que os refrigerantes e outros produtos que fazem mal à saúde subam o preço.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 30 Dezembro 2011

É assim mesmo.Até apetece dizer que no tempo de Salazar é que se passava fome.Agora não, é tudo uma fartura de IMPOSTOS.Portanto é encher a barriga porque destes já não há muitos.O QUE VAI SER DE PORTUGAL?

  • Comentário feito por:Vampire
  • 30 Dezembro 2011

Depois de olhar para a foto só posso dizer..."Ainda bem que o leite não vai aumentar"...

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 31 Dezembro 2011

Concordo que os refrigerantes e outros produtos que fazem mal à saúde subam o preço.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 30 Dezembro 2011

O ar e a chuva, não se pagam? Estão a pensar como controlar e se a taxa há-de ser a 6, a 13 ou a 23% e se o S. Pedro deixará? Com ele não contem, que, quando os culpados lá chegarem, ele não vai dizer que são amigos!...

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 30 Dezembro 2011

O ar e a chuva, não se pagam? Estão a pensar como controlar e se a taxa há-de ser a 6, a 13 ou a 23% e se o S. Pedro deixará? Com ele não contem, que, quando os culpados lá chegarem, ele não vai dizer que são amigos!...

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 31 Dezembro 2011

Concordo que os refrigerantes e outros produtos que fazem mal à saúde subam o preço.

  • Comentário feito por:Vampire
  • 30 Dezembro 2011

Depois de olhar para a foto só posso dizer..."Ainda bem que o leite não vai aumentar"...

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 30 Dezembro 2011

É assim mesmo.Até apetece dizer que no tempo de Salazar é que se passava fome.Agora não, é tudo uma fartura de IMPOSTOS.Portanto é encher a barriga porque destes já não há muitos.O QUE VAI SER DE PORTUGAL?

COMENTAR
Título
Texto

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

Registe-se no site do CM para deixar de preencher os seus dados pessoais quando comenta as noticias.
COMENTAR
Título
Texto
Nome
Email
Localidade
Anónimo

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

Pub
Pub


SONDAGEM

COMISSÁRIO EUROPEU: Carlos Moedas tem o perfil certo?

Votar »« Ver resultados


<>
VEJA AQUI MAPA ACTUALIZADO
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte,
sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A. ,
uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.
Consulte as condições legais de utilização.