jornal impresso

Edição impressa

23 Agosto 2014

Ver capas anteriores

Previsões
  • Diretor: Octávio Ribeiro
  • Diretores-adjuntos: Armando Esteves Pereira, Eduardo Dâmaso e Carlos Rodrigues
Sérgio Lemos

De jeans rasgados, Axl Rose reconciliou-se com o público logo à segunda canção, ‘Welcome to the Jungle’

Guns N’ Roses vistos por 15 mil pessoas

Atlântico vibra após longa espera

Muito atrasado. Conhecido pelas demoras em subir ao palco, Axl Rose voltou, ontem à noite, no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, a não cumprir os horários e só às 23h00 entrou em cena – quando era previsível que o fizesse pouco depois das 21h00. Dos aplausos passou-se aos assobios e o serão, que previa mais de duas horas de grandes êxitos, ficou em aberto... Mais uma grande excentricidade, compensada com a entrada ao som de ‘Chinese Democracy’.

Por:Sofia Canelas de Castro

 

O artista lá dominou o espaço, depois de vários acordes de expectativa. De jeans rasgados, casaco prateado e chapéu preto, Axl Rose atirou-se num arranque poderoso, reconciliando-se com o público à segunda canção: ‘Welcome to the Jungle'.

A plateia voltou à tranquilidade, após duas horas de desconforto. Dos 20 aos 50 anos e até alguns adolescentes pelo meio. Assim se fez a assistência de cerca de 15 mil pessoas, que queriam testemunhar o regresso dos Guns, chegando de forma ordeira ao Pavilhão Atlântico, no Parque das Nações, depois de passarem a apertada segurança. A faixa etária denunciou, desde logo, que o sucesso dos ídolos dos anos 90 ainda encontra eco junto das novas gerações.

Axl Rose já tinha pregado partidas nas anteriores visitas a Portugal: no Estádio de Alvalade, em 1992, foi atingido por uma garrafa e recusou--se a continuar a cantar.

Do alinhamento previsto do espectáculo, todos os presentes esperavam, com maior ansiedade, os grandes hits da banda. Temas como ‘November Rain', ‘Sweet Child O' Mine' e ‘Don't Cry' - que chegaram ao Top 10 da Billboard - ainda são, como há 20 anos, os maiores êxitos .

Antes, na primeira parte, Sebastian Bach de tudo fez para aquecer os motores da plateia. O canadiano agitou a cabeleira loura e puxou pelo público. Rendido depois da espera.

  • Corrigir
  • Feedback
  • PARTILHAR      
Pub
Comentários a esta notícia
COMENTAR
Título
Texto

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

Registe-se no site do CM para deixar de preencher os seus dados pessoais quando comenta as noticias.
COMENTAR
Título
Texto
Nome
Email
Localidade
Anónimo

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

Pub
Pub


    SONDAGEM

    SAÚDE: Faltam enfermeiros em Portugal?

    Votar »« Ver resultados


    <>
    VEJA AQUI MAPA ACTUALIZADO
    Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte,
    sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A. ,
    uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.
    Consulte as condições legais de utilização.