jornal impresso

Edição impressa

24 Abril 2014

Ver capas anteriores

  • Diretor: Octávio Ribeiro
  • Diretores-adjuntos: Armando Esteves Pereira, Eduardo Dâmaso e Carlos Rodrigues
Bruno Simão

Estado

Corte retroativo nas reformas

Conheça no CM os planos do Governo para reduzir gastos com pensões.

  • 28 de Março 2013, 01h00
  • Nº de votos (15)
  • Comentários (20)

Por:António Sérgio Azenha

 

  • Corrigir
  • Feedback
  • PARTILHAR      
Pub
Comentários a esta notícia
  • Comentário feito por: Anónimo
  • 02 Fevereiro 2014

O chulo e gatuno que tem 460 euros de reforma levou a vida inteira fugir ao IRS e aos descontos e agora quer a mesma reforma de quem levou uma vida a sacrificar-se a pagar os impostos e descontos. Esses nem deviam ter re

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 13 Maio 2013

já agora eu quero pagar menos 10% nos meus créditos bancários, na luz , na água , nos seguros e por aí fora .... isto tem que tocar a todos !!Se as regras do jogo se alteram têm que tocar a toda a gente

  • Comentário feito por:Dulce
  • 09 Maio 2013

Concordo com um tecto máximo para a reforma, são inadmissiveis as reformas milionárias, mas atenção que estas não são apenas da função publica... Muitas reformas da f. publica são muito inferiores a 1000€.

  • Comentário feito por:Jose Pinto
  • 30 Março 2013

Então eu que trabalhei no privado, descontava 300 euros mensais e agora vou receber tanto como aquele que descontava 100 euros? São todos uns otários!...

  • Comentário feito por:Jaime Jorge Pereira
  • 30 Março 2013

Esse Ministro já não anda de lambreta? Pois os seus colegas de vários países europeus vão de bicicleta e o senhor vai de carro agora alta gama com motorista e seguranças e ainda quer cortar mais? E nós Zés a pagar!

  • Comentário feito por:Fernando Teixeira
  • 29 Março 2013

As reformas só fazem sentido se tiverem como base o calculo de toda a carreira contributiva. E mesmo assim deve estabelecer-se um teto máximo como na Suisa. Vitalícias aos 40 anos com 8 de desconto são um descaramento.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 28 Março 2013

Como é q o comentário de alguém q não sabe escrever Suíça bem,q não indica quanto se paga por exemplo d renda nesse país e q ignora q os 160000 euros d reforma são pagos por privados (logo,é lá com eles) é o mais votado?

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 28 Março 2013

Os cortes nas reformas acima de mil euros mes deviam ter quinze anos de retroatividade. As reformas dos chulos sao o enterro de Portugal. As reformas dos chulos sao um incentivo ao nao trabalho visto que SMN so 460 euro

  • Comentário feito por:moina
  • 28 Março 2013

Esta mania de mandar bitates sem saber o que se diz, só revela a qualidade de muitos ignorantes que aqui atiram os seus comentários. Claro que terei de concordar que a reforma seja considerada na base de toda a carreira

  • Comentário feito por:saravá
  • 28 Março 2013

Com quais,com as deles? e dos anteriores governantes e gestores públicos, ah, assim já concordo. Pois esta gentalha não trabalhou os anos necessários para puderem receber tais pensões.

Página

  • Comentário feito por:Ana Martins
  • 28 Março 2013

Anón.das 2h24,900 euros,mesmo 2000,são pensões "milionárias"?Cortar é nas pensões e ordenados verdadeira/ excessivos!E não são poucos!E cortar tb subsídios d representação e d habitação,carros,gasolina,viagens,telemóveis

  • Comentário feito por:Anselmo Gomes
  • 28 Março 2013

Foram 40 anos de trabalho, trabalho intelectual intenso para o qual foi requerido um surso universitário: longo estudo, altos investimentos em dinheiro e estudo, peofissão exigente: para isto?!

  • Comentário feito por:Victor Moreira
  • 28 Março 2013

Se quizerem ter a cabeça cortada vão no bom caminho.Acabem com as reformas milionárias atribuidas a gente miserável que nunca nada mais fez que roubar a Nação e o povo,e o dinheiro chegará para quem descontou toda a vida

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 28 Março 2013

Todas as reformas deviam ser recalculadas de acordo com toda a carreira contributiva actualizada pelos coeficientes monetários. Isso sim seria colocar toda a gente numa plataforma de equidade.

  • Comentário feito por:Luis Edgar
  • 28 Março 2013

Este governo é composto e liderado por indivíduos sem princípios que nada respeitam nem lei nem Constituição e ainda ameaçam e manipulam Juizes do Tribunal Constitucional. Esperemos que o TC cumpra a sua função

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 28 Março 2013

Nenhum pais civilizado atribue reformas de valor superior ao ordenado minimo nacional, ca damos as maiores reformas do mundo a 10% de chulos e as mais miseraveis aos 90% de reformados, cortar todas ref. de +900 euros ja!

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 28 Março 2013

Cortar é o menor problema. O grande problema é como se poderão pagar os compromissos assumidos antes?

  • Comentário feito por:barreiro
  • 28 Março 2013

Em França Pensão máxima=1.500E e na Suíssa=1.700E em Portugal há reformas Milionárias com 8 anos de serviço=Cargos Publicos!!!! e outras do OUTRO MUNDO=160.000E!!!

  • Comentário feito por:J.Caldeira
  • 28 Março 2013

É triste ver pessoas, incluindo reformados, que ainda apoiam este desgoverno, lavando-lhe a imagem. Será que Passos quando se reformar vai receber apenas pelos dias que trabalhou? Ele que começou aos 40 anos.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 28 Março 2013

Acho muito bem, na maioria dos outros países, existe um tecto para as reformas,aqui desconta-se um bolo para a reforma saude fundo desmprego, nos outros países se querem saude teem k ter um seguro de saude. algo está mal

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 28 Março 2013

Cortar é o menor problema. O grande problema é como se poderão pagar os compromissos assumidos antes?

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 28 Março 2013

Acho muito bem, na maioria dos outros países, existe um tecto para as reformas,aqui desconta-se um bolo para a reforma saude fundo desmprego, nos outros países se querem saude teem k ter um seguro de saude. algo está mal

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 28 Março 2013

Os cortes nas reformas acima de mil euros mes deviam ter quinze anos de retroatividade. As reformas dos chulos sao o enterro de Portugal. As reformas dos chulos sao um incentivo ao nao trabalho visto que SMN so 460 euro

  • Comentário feito por:Victor Moreira
  • 28 Março 2013

Se quizerem ter a cabeça cortada vão no bom caminho.Acabem com as reformas milionárias atribuidas a gente miserável que nunca nada mais fez que roubar a Nação e o povo,e o dinheiro chegará para quem descontou toda a vida

  • Comentário feito por:Ana Martins
  • 28 Março 2013

Anón.das 2h24,900 euros,mesmo 2000,são pensões "milionárias"?Cortar é nas pensões e ordenados verdadeira/ excessivos!E não são poucos!E cortar tb subsídios d representação e d habitação,carros,gasolina,viagens,telemóveis

  • Comentário feito por:Luis Edgar
  • 28 Março 2013

Este governo é composto e liderado por indivíduos sem princípios que nada respeitam nem lei nem Constituição e ainda ameaçam e manipulam Juizes do Tribunal Constitucional. Esperemos que o TC cumpra a sua função

  • Comentário feito por:saravá
  • 28 Março 2013

Com quais,com as deles? e dos anteriores governantes e gestores públicos, ah, assim já concordo. Pois esta gentalha não trabalhou os anos necessários para puderem receber tais pensões.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 28 Março 2013

Como é q o comentário de alguém q não sabe escrever Suíça bem,q não indica quanto se paga por exemplo d renda nesse país e q ignora q os 160000 euros d reforma são pagos por privados (logo,é lá com eles) é o mais votado?

  • Comentário feito por:Jaime Jorge Pereira
  • 30 Março 2013

Esse Ministro já não anda de lambreta? Pois os seus colegas de vários países europeus vão de bicicleta e o senhor vai de carro agora alta gama com motorista e seguranças e ainda quer cortar mais? E nós Zés a pagar!

  • Comentário feito por:Fernando Teixeira
  • 29 Março 2013

As reformas só fazem sentido se tiverem como base o calculo de toda a carreira contributiva. E mesmo assim deve estabelecer-se um teto máximo como na Suisa. Vitalícias aos 40 anos com 8 de desconto são um descaramento.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 02 Fevereiro 2014

O chulo e gatuno que tem 460 euros de reforma levou a vida inteira fugir ao IRS e aos descontos e agora quer a mesma reforma de quem levou uma vida a sacrificar-se a pagar os impostos e descontos. Esses nem deviam ter re

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 13 Maio 2013

já agora eu quero pagar menos 10% nos meus créditos bancários, na luz , na água , nos seguros e por aí fora .... isto tem que tocar a todos !!Se as regras do jogo se alteram têm que tocar a toda a gente

  • Comentário feito por:Dulce
  • 09 Maio 2013

Concordo com um tecto máximo para a reforma, são inadmissiveis as reformas milionárias, mas atenção que estas não são apenas da função publica... Muitas reformas da f. publica são muito inferiores a 1000€.

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 28 Março 2013

Nenhum pais civilizado atribue reformas de valor superior ao ordenado minimo nacional, ca damos as maiores reformas do mundo a 10% de chulos e as mais miseraveis aos 90% de reformados, cortar todas ref. de +900 euros ja!

  • Comentário feito por:moina
  • 28 Março 2013

Esta mania de mandar bitates sem saber o que se diz, só revela a qualidade de muitos ignorantes que aqui atiram os seus comentários. Claro que terei de concordar que a reforma seja considerada na base de toda a carreira

  • Comentário feito por:Jose Pinto
  • 30 Março 2013

Então eu que trabalhei no privado, descontava 300 euros mensais e agora vou receber tanto como aquele que descontava 100 euros? São todos uns otários!...

  • Comentário feito por: Anónimo
  • 28 Março 2013

Todas as reformas deviam ser recalculadas de acordo com toda a carreira contributiva actualizada pelos coeficientes monetários. Isso sim seria colocar toda a gente numa plataforma de equidade.

  • Comentário feito por:barreiro
  • 28 Março 2013

Em França Pensão máxima=1.500E e na Suíssa=1.700E em Portugal há reformas Milionárias com 8 anos de serviço=Cargos Publicos!!!! e outras do OUTRO MUNDO=160.000E!!!

  • Comentário feito por:Anselmo Gomes
  • 28 Março 2013

Foram 40 anos de trabalho, trabalho intelectual intenso para o qual foi requerido um surso universitário: longo estudo, altos investimentos em dinheiro e estudo, peofissão exigente: para isto?!

  • Comentário feito por:J.Caldeira
  • 28 Março 2013

É triste ver pessoas, incluindo reformados, que ainda apoiam este desgoverno, lavando-lhe a imagem. Será que Passos quando se reformar vai receber apenas pelos dias que trabalhou? Ele que começou aos 40 anos.

COMENTAR
Título
Texto

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

Registe-se no site do CM para deixar de preencher os seus dados pessoais quando comenta as noticias.
COMENTAR
Título
Texto
Nome
Email
Localidade
Anónimo

Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. O Correio da Manhã reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada.

Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.

Pub
Pub


SONDAGEM

LIGA EUROPA: Benfica é favorito frente à Juventus?

Votar »« Ver resultados


<>
VEJA AQUI MAPA ACTUALIZADO
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte,
sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A. ,
uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.
Consulte as condições legais de utilização.