Foto Hugo Delgado/Lusa
Lima marca o 2-0 para o Sp. Braga. O avançado já leva 19 golos na Liga
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
27.03.2012  01:00
Sp. Braga líder de sorriso escancarado
Nova vitória, a 13ª consecutiva na Liga, primeiro lugar e nova demonstração de estabilidade exibicional para o candidato mais livre de amarras, que se recusa a assumir interessado no título nacional. Mais do que a Académica, derrotada ontem à noite na Pedreira, por 2-1, as vítimas maiores do Sp. Braga na 24ª jornada foram FC Porto e Benfica, que agora estão um e dois pontos atrás, respectivamente.

A possibilidade de ultrapassar os dois grandes poderia causar ansiedade à equipa de Leonardo Jardim. Poderia e causou nos instantes iniciais. É que houve, claramente, um ‘antes' e um ‘depois' do minuto 31, momento em que o central Flávio Ferreira foi obrigado a fazer de guarda--redes junto à linha de golo da Académica, para compensar a ausência de Peiser e travar um remate de Lima.

Antes, o Braga teve períodos de pressão, mas inconsequentes. Depois, instalou-se com autoridade e inteligência nos domínios dos estudantes, marcando de forma natural dois golos que baralham a classificação.

Mossoró foi a presença mais notada na zona cerebral dos minhotos até à sua substituição. Adivinhou-se o seu golo, que chegou aos 36', numa espécie de ‘chapéu' de cabeça, após um centro de Miguel Lopes.

Lima, incansável no ataque, também deu nas vistas e marcou em cima do intervalo, após um passe genial do melhor jogador da noite, Mossoró.

Com as mexidas no 2º tempo, a Académica cresceu e refreou um pouco os ímpetos da equipa da casa. Não só subiu a defesa, como marcou melhor os minhotos, que continuaram a ter a bola, mas não encontraram tantas vezes o seu futebol. Por isso, a Académica conseguiu marcar um golo e fazer sofrer o Sp. Braga até ao fim. Os homens que quase estragaram a festa foram David Simão, emprestado aos estudantes pelo Benfica, que recebe os minhotos no sábado - ‘bomba' de fora da área a 106 km/hora que só parou nas redes de Quim - e Diogo Melo: aos 86' acertou no poste.

JARDIM JÁ FALA NO 1.º LUGAR

"Como já estamos no pódio é normal querermos o primeiro lugar", disse Leonardo Jardim, que considerou o triunfo "justo", embora admitisse alguma felicidade no final. Já Eduardo Simões, líder da Académica, frisou que ficou um penálti por marcar contra o Braga e que no lance do 2-0, Mossoró estava fora-de-jogo.

Enviar o artigo: Sp. Braga líder de sorriso escancarado
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Futebol