Foto Pedro Ferreira
Mário Figueiredo foi ontem impedido de falar na sede da FPF, em Lisboa, e teve de o fazer na rua
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
01.11.2013  14:28
Mário Figueiredo arrasa Olivedesportos
Dirigente diz que clubes perderam 150 milhões de euros "entre 2006 e 2011".

"Há pouco mais de um ano apresentámos uma denúncia na Autoridade da Concorrência contra o facto de os clubes andarem a ser espoliados de uma quantia que é deles. Entre 2006 e 2011 saíram dos clubes 150 milhões de euros", disse ontem Mário Figueiredo, numa alusão à Olivedesportos, empresa que detém os direitos televisivos da maioria dos clubes.

"Mantemo-nos determinados na prossecução da finalidade de desmontar a existência de um monopólio, de um abuso de posição dominante para aumentar as receitas dos clubes", acrescentou.

Depois de frisar que tal determinação tem "incomodado muita gente", o presidente da Liga vincou que esta semana esteve reunido com a Autoridade da Concorrência. "Os processos estão a andar e estamos convencidos de que temos razão. O objetivo é trazer receitas aos clubes e tirar receitas àqueles que têm vivido às custas dos clubes."

O dirigente lembrou ainda que o Benfica já se desvinculou da Olivedesportos. "Estamos a acabar com um poder absoluto de alguém que domina o futebol contra o interesse dos clubes", vincou, frisando que há "uma pessoa que manipula o futebol a seu belo prazer", numa alusão a Joaquim Oliveira.

"Os clubes não têm de andar a financiar atividades de outras pessoas que não são lucrativas. Quem está na situação de abuso paga mal e tarde aos clubes. Paga em letras e não em dinheiro e beneficia uns e prejudica outros", vincou.

Enviar o artigo: Mário Figueiredo arrasa Olivedesportos
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Futebol