SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Foto João Miguel Rodrigues
David Rebordão e Tino Navarro realizaram 'RPG', o filme português de ficção científica que estreia esta quinta-feira nas salas de cinema nacionais
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
29.08.2013  01:00
Tino Navarro: “Não podia deixar que os ricos ganhassem”

É um filme de ficção científica ‘made in Portugal’. Num futuro mais ou menos longínquo, os ricos vão poder comprar corpos jovens, para viver mais tempo. Rutger Hauer é estrela maior deste filme de Tino Navarro e David Rebordão, ao lado de estrelas nacionais como Soraia Chaves, Débora Monteiro, Victória Guerra e Pedro Granger.

  • Partilhe

Correio da Manhã – Parece estar a assistir-se a um renascimento do cinema português, cada vez mais visível, cada vez mais internacional, como o prova o seu filme, ‘RPG’?

Tino Navarro – O cinema português está a nascer todos os dias. Infelizmente, é a isso que somos forçados, pela força das circunstâncias. Melhor era ter uma estrutura que funcionasse continuamente, que criasse emprego, que criasse hábitos de acesso aos filmes portugueses. O ideal seria ter uma produção diversificada, que abrangesse vários públicos. Infelizmente, porque as estruturas não estão criadas no nosso País, temos de renascer todos os dias. Das cinzas.



Siga o CM no Facebook.

Enviar o artigo: Tino Navarro: “Não podia deixar que os ricos ganhassem”
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Cultura
Receba diariamente as principais notícias ok
voltar ao topo