Foto Bruno Colaço
O filósofo Eduardo Lourenço fotografado no Centro Cultural de Belém, esta quinta-feira
21.09.2012  01:00
Eduardo Lourenço: “Sou um leitor compulsivo”
Se o toque de um telemóvel perturbou por momentos a conferência que Eduardo Lourenço proferiu ao final da tarde de quinta-feira, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, não há que acusar ninguém: foi o do próprio filósofo a reclamar atenção. De resto, tudo foi sereno numa sessão que decorreu em registo confessional e que inaugurou o ciclo de conferências ‘Ler em Voz Alta’, promovido pela revista ‘Ler’ pelos seus 25 anos de vida.

Ao lado de João Pombeiro, director da revista, e frente ao secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, o filósofo disse-se um leitor compulsivo e os livros “a imagem sacralizada do mistério da vida”.

“Não nasci em berço de ouro e não tinha biblioteca em casa, mas quando descobri os livros tornei-me naquilo que sou hoje: um leitor compulsivo”, contou Eduardo Lourenço a uma sala praticamente cheia. “O meu pai, que tinha alguma instrução, tinha já a paixão dos livros e deixou uma mala com alguns. Nela descobri um autor que se podia ler na escola, o Júlio Dinis, um dos grandes do século XIX. Foi a Jane Austen que nós não tivemos.”

Falando de autores que o marcaram, referiu os outros dois “grandes”: Garrett e Camilo Castelo Branco, mas também Fortunato de Almeida.

“Os livros são uma espécie de esfinge que nós criámos e que temos de decifrar, sob pena de permanecer ignorante dos grandes mistérios: Quem somos? De onde vimos? Para onde vamos?”

Referindo-se ao conflito entre o mundo ocidental e o mundo oriental, Eduardo Lourenço explicou-o também do ponto de vista dos livros – enquanto a luta de dois livros santos.

“O Ocidente já não luta pelo seu livro – algo que eu não posso lamentar, porque a Inquisição fez mortes suficientes. Mas há que reconhecer que há nisto alguma impotência…”

Não há duas sem três...00:30

Radar00:30

Corte urgente00:30

Ação cível tenta anular divisão do BES00:30

Blog00:30

Tony paga aulas a David00:30

98 pedófilos apanhados em sete meses00:30

Aumento de capital com verba do Montepio00:30

Famílias exigem mensagens do dux00:30

Almoços grátis00:30

Morre esmagado por tampa de ferro00:14

Ucrânia: Rússia promete reagir à ameaça do aumento da presença NATO nas suas fronteiras23:53

Lista de pedófilos condenados é eficaz na prevenção?23:31

Morgan Stanley reduz posição na Portugal Telecom para 1,96%23:26

Hollande manifesta horror por decapitação de jornalista23:09

Venezuelanos criam versão chavista do Pai Nosso católico 23:02

Venezuela acusa canal TNT de atacar o presidente 22:30

John Kerry reúne-se com negociadores palestinianos21:51

Trabalhadores da Lusa entregam queixa contra o Governo21:27

Mickey e Spongebob espancam condutor21:24

EUA "desolados" com decapitação de jornalista por islamitas21:13

Apple não encontra falha de segurança21:02

ONU alerta que ébola pode chegar a mais países21:00

Volta a França de 2014 sem casos de doping20:43

Saiba os números do Euromilhões20:38

Juiz espanhol liberta pais que levaram filho de hospital20:38

Obras da 31.ª Bienal de São Paulo no Museu de Serralves20:35

CGTP manifesta-se em frente à AR dia 11 de setembro20:14

CIES estima em 16 por cento a inflação no mercado do futebol20:12

Mãe francesa reencontra-se com filha levada por pai islâmico20:12

Mais de 400 operacionais combatem quatro fogos florestais20:04

Proteção Civil alerta para perigo de incêndio florestal19:55

Pepe ausente do primeiro treino da seleção portuguesa19:40

Capacetes azuis mortos em explosão no norte do Mali19:36

Júlio César tira lugar a Artur19:36

Suspeito de esfaquear idoso em Alijó em prisão preventiva19:16

200 queixas contra site da Justiça18:48

Terroristas islâmicos matam segundo jornalista18:35

Caso Maddie: Mau ambiente entre portugueses e ingleses18:26

Segurança Social exige 35 euros por dívida de cêntimos18:16

Enviar o artigo: Eduardo Lourenço: “Sou um leitor compulsivo”
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Cultura