Foto d.r.
Nos tempos de galã do cinema ibérico, junto a Milu
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
06.12.2010  19:23
Actor Virgílio Teixeira morre aos 93 anos
O actor português Virgílio Teixeira, que contracenou com Amália Rodrigues em 'Fado, História de uma Cantadeira', morreu no domingo à noite no Funchal, aos 93 anos, disse à Lusa a sua mulher, Vanda Teixeira.

Considerado um galã do cinema português nos anos 40 e 50, Virgílio Teixeira morreu na sequência de problemas respiratórios, disse a mesma fonte.  

Virgílio Teixeira nasceu a 26 de Outubro de 1917 no Funchal, fez cinema em Portugal, em Espanha, onde atingiu grande notoriedade, e em Hollywood, onde  participou em 'Alexandre, o Grande', de Robert Rossen, e teve um pequeno papel 'Doutor Jivago', de David Lean. Além disso, teve uma breve passagem pelo teatro.  

Estreou-se no cinema em 'Ave de Arribação' (1943), de Armando Miranda, e teve uma pequena participação em 'O Costa do Castelo' (1943), de Artur Duarte.  

Em 1948, protagonizou o papel de Júlio, um guitarrista por quem a personagem de Amália Rodrigues se apaixona no 'Fado, História de uma Cantadeira', de Perdigão Queiroga.  

Mais recentemente, participou na telenovela 'Chuva na Areia' (1984) e no filme 'A Mulher do Próximo' (1982), de José Fonseca e Costa.

Alberto João Jardim: "Era um grande madeirense"

"Era um grande madeirense e não me esqueço que foi o primeiro director do Centro das Comunidades Madeirenses. Tínhamos que atingir as comunidades e ele fez um trabalho notável. Custa-me porque era um grande amigo."

Enviar o artigo: Actor Virgílio Teixeira morre aos 93 anos
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Cultura