A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
10.07.2002  19:14
CASO MODERNA: JAGUAR DE PORTAS ERA CARRO DE SERVIÇO
O Jaguar de Paulo Portas, pago pela Universidade Moderna, era um carro de serviço oferecido como recompensa pelos bons resultados da empresa de sondagens Amostra, segundo alega o actual ministro da Defesa.
Esta foi a resposta dada por Paulo Portas a uma das 117 questões que constam da lista feita pelo colectivo de juízes, e Ministério Público, sobre o caso Moderna.

Portas explicou que o carro foi-lhe atribuído em 1997, altura em que a empresa Amostra/Centro de Sondagens da Universidade Moderna conseguiu ganhar crédito no mercado com o trabalho realizado durante as eleições autárquicas.

A aquisição do veículo foi realizada por “sugestão da Dinensino”, e o contrato de leasing foi assinado pelo próprio Portas, enquanto gerente da Amostra. A Universidade Moderna pagava mensalmente 340 contos pelo Jaguar.
Enviar o artigo: CASO MODERNA: JAGUAR DE PORTAS ERA CARRO DE SERVIÇO
Comentários
enviar
MAIS NOTÍCIAS DE Cm ao Minuto